Regina Duarte questiona utilidade de vacina contra a Covid: ‘Que diabos está realmente fazendo?’

regina duarte
Regina Duarte voltou a ser assunto nas redes sociais (Reprodução/Globo)

A ex-secretária de Cultura do governo Bolsonaro, a atriz Regina Duarte, provocou discussão em uma postagem no Instagram em que questiona a utilidade da vacina contra a Covid-19. A publicação acompanha um texto atribuído a Mônica Fraga, e lista 14 pontos que colocam a eficácia da imunização em xeque. Nos comentários do post, feito na madrugada de hoje (21), internautas se mostram divididos diante dos argumentos.

No texto compartilhado por Regina Duarte, a autora questiona se poderá deixar de usar máscara, frequentar restaurantes e trabalhar após tomar a vacina. Para todas as questões apresentadas, a resposta do texto é, na maioria das vezes, “não”. “Pelo menos deixarei de ser contagioso para os outros? Não, você ainda pode transmitir, possivelmente, ninguém sabe”, diz um trecho.

O texto termina com a seguinte reflexão: “Isso [vacina] não elimina a necessidade de proibições de viagens. Não elimina a necessidade de fechar negócios. Não elimina a necessidade de fechamentos em geral. Não elimina a necessidade de uso de máscaras. Então… que diabos esta vacina está realmente fazendo?”.

Internautas comentam

Internautas se mostraram divididos nos comentários da postagem de Regina Duarte. “Precisa que grande parte da população se vacine para que as coisas possam voltar ao normal. Depois que grande parte da população tiver vacinada dai não haverá necessidade de uso de máscara e distanciamento social. Já está tão difícil das pessoas se convencerem a se vacinar e s senhora ainda vem com um post desnecessário desses”, argumentou um usuário.

Uma segunda pessoa levantou outro ponto: “Se informe em outras fontes, com infectologistas (vários), sabe-se bem pouco ainda sobre a eficácia da vacina, mas penso que sua publicação pode ter equívocos”. Concordando com Regina Duarte, um internauta disse: “Serve só pra encher o bolso do Dória”. Uma mulher, por sua vez, declarou: “É para acabar. China lançou a 3ª guerra mundial sem armas de fogo”.

Edição: Roberth Costa
Andreza Miranda
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários