BH tem vias interditadas após rápida chuva e acende alerta

chuva tereza cristina árvore caída
Tereza Cristina voltou a ameaçar motoristas e árvores caídas também causaram transtorno (Amanda Dias/BHAZ + BHTrans/Divulgação)

Após um breve período de trégua, as chuvas voltaram de vez em BH – e trouxeram com elas os problemas já característicos. No fim da manhã desta sexta-feira (5), algumas vias chegaram a ficar interditadas, mesmo que rapidamente, em função do risco de alagamentos, além de registros de queda de árvores e acidentes. A situação foi controlada, mas pode se repetir ao longo das próximas horas, já que a capital está sob alerta de chuvas fortes até a manhã deste sábado (6) e com previsão de mais água no fim de semana.

Logo no fim da manhã, a Defesa Civil de Belo Horizonte precisou interditar a avenida Tereza Cristina devido ao risco de transbordamento do Ribeirão Arrudas. A interdição foi uma ação preventiva, mas bloqueou o trânsito em pontos da regiões Oeste e do Barreiro. Pouco depois, ainda no fim da manhã, a via já foi desbloqueada, mas a Defesa Civil recomendou que as equipes operacionais permaneçam no local para o caso de novos riscos.

Outros pontos em que os motoristas também precisaram redobrar os cuidados foram na praça Amintas de Barros, em Venda Nova, e no Viaduto Oeste, próximo à avenida Nossa Senhora de Fátima. De acordo com a BHTrans, empresa que gerencia o trânsito da capital, no primeiro local, uma árvore caiu e bloqueou toda a via e no segundo, um acidente ocupou a faixa da esquerda, no sentido Centro. Ambas as vias também já foram liberadas.

Alerta de chuva

Apesar de os casos já terem sido controlados, os belo-horizontinos devem permanecer atentos. É que a Coordenadoria da Defesa Civil emitiu, nesta sexta-feira, um alerta de pancadas de chuva para a capital. De acordo com o comunicado, nas próximas horas, BH pode receber chuvas de 30 a 50 milímetros, acompanhadas de raios, trovões e rajadas de vento de até 50 km/h.

O alerta é válido até às 8h deste sábado – mas pode ser seguido de um novo, já que a previsão para o fim de semana não é muito diferente do que foi registrado hoje. Conforme o meteorologista do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), Cléber Souza, explicou ao BHAZ nessa quinta (4), os termômetros devem cair ao longo de sábado e domingo e as chuvas devem chegar de vez, a qualquer hora do dia.

No sábado (6), a temperatura máxima não deve passar dos 27ºC – e os termômetros devem cair ainda mais no domingo (7), quando a máxima prevista é de 24ºC e a mínima é de 18ºC. Já a umidade do ar pode variar entre 35% e 85%.

Edição: Thiago Ricci
Giovanna Fávero
Giovanna Fáverogiovanna.favero@bhaz.com.br

Repórter no BHAZ desde outubro de 2019. Jornalista graduada pela PUC Minas (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais) e com atuação focada nas editorias de Cidades, Guia e Cultura.

Comentários