Vilarinho alaga e meteorologia prevê semana chuvosa em BH

chuva belo horizonte
Chuva deve continuar ao longo de toda semana (FOTO ILUSTRATIVA: Amanda Dias/BHAZ)

O domingo (7) começou com muita chuva em Belo Horizonte. Na região de Venda Nova, por exemplo, a avenida Vilarinho teve que ser interditada pela Defesa Civil devido à inundação da via. Um alerta de precipitações vigora na capital mineira e é válido até amanhã (8). A meteorologia prevê a continuidade do tempo chuvoso e não descarta temporais.

“A chuva continua e vai diminuir a intensidade na terça (9). As pancadas devem prosseguir hoje e amanhã com bom volume. O sistema meteorológico indica que as chuvas podem provocar alagamentos em alguns pontos da cidade. A partir de terça, elas ficam mais isoladas. A temperatura mínima vai ficar em torno de 18ºC e a máxima entre 24ºC e 27ºC”, diz o meteorologista Claudemir de Azevedo ao BHAZ.

De acordo com a Defesa Civil, a região Noroeste já registrou 95,4% do volume de chuva esperado para todo mês até às 10h de hoje. Por lá, já choveu 173 mm. A avenida Vilarinho, em Venda Nova, teve quer ser interditada nesta manhã por conta da inundação. O tráfego ficou impedido durante, aproximadamente, uma hora.

Sombrinha em mãos

A chuva, como bem alertou Claudemir, deve prosseguir ao longo da semana. Um alerta, emitido pela Defesa Civil de BH, informa que as precipitações podem vir acompanhadas de raios e rajadas de vento em torno de 50 km/h. Até amanhã pode chover entre 70 mm e 90 mm. Uma frente fria vinda do Sul do Brasil é que vem provocando o tempo chuvoso na capital mineira.

“Esta frente fria veio da Serra Gaúcha e passou pelos demais estados do Sul e agora chegou ao Sudeste. Além dela, a Zona de Convergência do Atlântico Sul está favorecendo os registros de chuva, pois traz um fluxo de umidade da Amazônia. Este fenômeno é típico do verão brasileiro e provoca chuvas fortes por vários dias consecutivos”, conta o meteorologista.

Confira o acumulado de chuvas em fevereiro na capital mineira:

  • Barreiro: 112 mm – 61,7%
  • Centro Sul: 160,8 mm – 88,6%
  • Leste: 111,4 mm – 61,4%
  • Nordeste: 126 mm – 69,5%
  • Noroeste: 173 mm – 95,4%
  • Norte: 94 mm – 51,8%
  • Oeste: 106,6 mm – 58,8%
  • Pampulha: 103 mm – 56,8%
  • Venda Nova: 113,6 mm – 62,6%

Cuidados

Não é novidade para o belo-horizontino que as chuvas fortes podem trazer dor de cabeça e até mesmo risco de vida. Por isso, é importante redobrar os cuidados neste período. A Defesa Civil de BH dá uma série de orientações em caso de chuva. Confira:

  • Redobre a sua atenção! Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva.
    ⠀⠀
  • Não atravesse ruas alagadas ou deixe crianças brincando na enxurrada e nas águas dos córregos.
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.
  • Atenção especial em áreas de encostas e morros.
  • Jamais se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199).
  • Se você observar o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d’água avise imediatamente a Defesa Civil (199).
  • Em caso de raios: não permaneça em áreas abertas e altas, não use equipamentos elétricos.

Edição: Vitor Fernandes
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários