Ufa! Galo vence e encaminha classificação direta para a Libertadores

galo e sport
Com emoção: Galo venceu o Sport por 3 a 2 (Pedro Souza/Atlético)

O Galo jogou uma partida e tanto contra o Sport nesta tarde de domingo (21) na Ilha do Retiro, em Recife. O placar chegou a ficar empatado duas vezes, até que o Galo garantiu a vitória nos acréscimos. Com o 3 a 2, o alvinegro está em 3º lugar na tabela, com 63 pontos. Além disso, se o Fluminense tropeçar na rodada, o Galo estará matematicamente garantido na fase de grupos da Libertadores 2021.

O time ainda expulsou a “zica” de visitante: a última vitória fora de casa havia sido contra o Athletico, no último dia 12 de dezembro. Na última rodada do campeonato, o time alvinegro recebe o Palmeiras no Mineirão. O duelo será nesta quinta-feira (25) às 21h30.

Lei do Ex na área!

O Galo começou com tudo e abriu o placar logo aos 6 minutos de jogo. Arana chutou bem da entrada da área e o goleiro Luan Polli defendeu. No rebote, Jair (que jogou no Sport em 2018) mandou para as redes para fazer 1 a 0 para o Galo. 

Jogo corrido

O time visitante queria aumentar a vantagem, e continuou firme no ataque. Aos 10 do 1T, Keno fez boa jogada mas o chute saiu fraco e Polli defendeu “de boa”. O Leão respondeu 2 minutos depois com chute de primeira do Patric (ele mesmo, o ex-jogador do Galo), que passou perto da trave. O Galo chegou bem de novo aos 18, com tabela de Sasha com Savarino: o venezuelano chutou de primeira, mas o arqueiro defendeu. 

Tudo igual

O Sport cresceu no jogo, até que chegou ao empate aos 32 do 1T. O atacante Dalberto recebeu lançamento certinho e pegou de primeira, direto para o gol. 1 a 1 na Ilha do Retiro.

Savarino quase colocou o Galo na frente aos 39, mas a cabeçada quicou e foi pertinho da trave.

Galo na frente

Na volta para o segundo tempo, não demorou muito para o Galo voltar à frente no placar. Logo aos 4 do 2T, Guilherme Arana chutou de muito longe, o zagueiro Rafael Thyere tentou tirar a bola, mas acabou colocando nas redes do próprio gol. 

Aos 30, o Sport quase fez mais um: Thiago Neves passou para Patric, que chutou forte para boa defesa de Everson.

Nevou na Ilha

Aos 41, o placar voltou a ser de empate. Patric foi derrubado por Marrony na área e o árbitro deu o pênalti após olhar o VAR. Thiago Neves, ex Cruzeiro e que quase vestiu a camisa atleticana nesta temporada, cobrou direto para as redes.

Foi na emoção!

O árbitro deu 9 minutos de acréscimo e o jogo continuou quente. Até que o Galo garantiu a vitória aos 52: Marrony invadiu a área e mandou direto para o gol, se redimindo do pênalti cometido no jogo.

Fim de papo: 3 a 2 para o Galo, com a classificação praticamente encaminhada para a fase de grupos da Libertadores 2021.

Edição: Roberth Costa
Beatriz Kalil Othero
Beatriz Kalil Otherobeatrizkof@gmail.com

Mineira de BH, graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre os jogos dos times mineiros como repórter freelancer para o BHAZ.

Comentários