Vaza vídeo de Anitta em sessão de tatuagem íntima: ‘Tem que ficar retocando’

tatuagem anitta
Tatuagem íntima de Anitta dá o que falar (Reprodução/Twitter + Reprodução/@anitta/Instagram)

Que Anitta é marqueteira das boas todo mundo sabe. A cantora vira e mexe dá o que falar por conta de estratégias relacionadas à carreira – recentemente ela lançou o próprio reality. Desta vez, no entanto, a famosa é assunto por conta de uma tatuagem íntima. Um vídeo em que ela pode ser vista de quatro, enquanto o tatuador trabalha, viraliza pelas redes sociais.

Inicialmente, as imagens foram parar no Twitter. Nelas, é possível ver Anitta gritando de dor e um amigo dela a imitando em uma dancinha no chão. Não demorou para que internautas demonstrassem interesse em descobrir o desenho feito pela poderosa, além da continuação das imagens.

Anitta se pronuncia

Com todo o burburinho a respeito da tatuagem íntima, Anitta explicou que a tattoo é antiga e que, inclusive, já precisou retocá-la. “Inclusive, o vídeo é tão antigo que eu tive que retocar. Então, para quem fizer tatuagens nesses locais, saiba que ela desbota. Tem que ficar retocando”, disse a artista, antes de avisar: “Mas quem quiser saber a história toda precisa pagar”.

E é ai que entra a estrategista da situação… Anitta lançou um perfil no Onlyfans há menos de um mês. O site é para assinantes que têm interesse em ver conteúdos exclusivos de artistas e influenciadores, geralmente de cunho sexual e erótico. Para acessar é preciso desembolsar cerca de R$ 27, na cotação atual do dólar.

Música nova

Depois da repercussão das imagens, Anitta divulgou fotos em que aparece toda tatuada. “É que não tinha mais espaço”, escreveu na legenda da postagem. Agora, fãs e seguidores especulam que ela deverá lançar uma música nova com a expressão. Confira a publicação abaixo:

Roberth Costa
Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal em 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2018 e 2019, além figurar entre os finalistas do prêmio Sindibel, também em 2019.

Comentários