Motorista que matou bebê e babá nega alta velocidade e embriaguez

caso sete lagoas
Jovem se apresentou na delegacia de Sete Lagoas (PM/Divulgação + Reprodução/Google Street View)

O jovem de 18 anos que matou um bebê de cinco meses e a babá, de 41, atropelados se apresentou à Polícia Civil na madrugada desta segunda-feira (22). O caso foi registrado em Sete Lagoas, na região Central de Minas, na última quinta-feira (18). O motorista, que não tem carteira de habilitação, estava foragido e se apresentou de forma espontânea.

“Em declarações prestadas, na presença de dois advogados, ele disse que foi linchado pela população, motivo pelo qual fugiu e recolheu em lugar incerto. Confessou que guiava [o automóvel] e negou que estava em alta velocidade e embriagado. Disse que fez uso de duas latinhas de cerveja”, explicou o delegado Thiago Pacheco.

Após o depoimento, o jovem foi liberado. A prisão não aconteceu pois havia passado o tempo de flagrante. Apesar disso, o delegado ressalta que os trabalhos de investigação vão continuar. “Nada impede que a Polícia Civil de Minas Gerais utilize medidas cautelares de acordo com a necessidade da investigação. Continuaremos apurando, da melhor forma, para dar resposta estatal à família”.

Versão diferente

Na hora do acidente, testemunhas contaram que o jovem estava em alta velocidade quando perdeu o controle do carro e atropelou as pessoas que estavam na calçada. A babá Adriana Pereira morreu na hora. O bebê chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Uma mulher, de 29, teve escoriações leves.

No carro, estavam o condutor, o passageiro – que é o proprietário do veículo, e mais três pessoas. O dono do veículo fugiu da cena do crime e foi encontrado em uma mata. De acordo com o homem, ele e o condutor tentaram socorrer as vítimas, mas foram rechaçados pelas pessoas ao redor. Ele foi socorrido porque estava com várias escoriações.

Pessoas não identificadas atearam fogo na casa do motorista para vingar a morte do bebê e da babá. Quando os policiais chegaram ao local, não encontraram o condutor e o imóvel já estava em chamas. Os PMs acionaram o Corpo de Bombeiros que apagaram o fogo.

Edição: Roberth Costa
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários