CCBB-BH recebe mostra com mais de 50 obras de Stephen King

Obras de Stephen King
Além das produções audiovisuais, mostra contará com debates e palestras (CCBB/Divulgação)

Para quem gosta de literatura, cinema, terror e suspense, a nova exposição do CCBB-BH (Centro Cultural Banco do Brasil Belo Horizonte) é imperdível: a partir de amanhã (25) até 22 de março, o espaço cultural exibirá a mostra “Stephen King: O medo é seu melhor companheiro”, que conta com 52 produções, entre filmes, telefilmes e minisséries, baseadas nas obras do autor, além de cinco filmes que foram referência para seu trabalho.

As sessões vão acontecer de forma presencial e online, por meio da plataforma Darkflix, serviço de streaming do gênero cinema fantástico. A mostra chega a BH depois de ter sido exibida nas unidades do CCBB no Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo, recebendo um público de mais de 11 mil pessoas.

Com ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada) para as sessões presenciais e acesso gratuito para as sessões online, a programação conta, ainda, com debates, lives, palestra e masterclass com profissionais convidados, além de sessões com acessibilidade (libras, legenda descritiva e audiodescrição). O projeto é patrocinado pelo Banco do Brasil, e conta com curadoria de Breno Lira Gomes e Rita Ribeiro.

Alguns dos filmes exibidos serão “Carrie, A Estranha”, “O Iluminado”, “Cujo” e “It, A Coisa”. Para mais informações a respeito da programação, acesse este link. Os ingressos para as sessões presenciais podem ser comprados no site Eventim, clicando aqui. É importante ressaltar que, nas sessões presenciais, todas as recomendações de segurança contra o novo coronavírus deverão ser seguidas, como o uso de máscara por exemplo.

Curadoria

De acordo com Rita Ribeiro, curadora da mostra, em suas obras e em seus escritos acadêmicos, King reafirma a influência da literatura e do cinema. Por isso, promover uma mostra que apresente exemplares de sua filmografia e adaptações para a TV é realizar um passeio pelos terrores que assustam o homem do século XXI.

“A mostra é também uma oportunidade para se discutir o poder das adaptações literárias para o cinema e a televisão. De como podem ser um sucesso garantido ou um fracasso devastador. Nem sempre os filmes adaptados garantem o seu sucesso tendo como parâmetro a vendagem dos livros”, completa.

Debates, palestras e masterclass

Na programação, haverá um debate presencial sobre a adaptação das obras de Stephen King para o cinema com o crítico de cinema Marcelo Seabra, o jornalista Fernando Tibúrcio e os curadores Rita Ribeiro e Breno Lira Gomes. Já o debate “A Literatura de Terror no Cinema” será no formato on-line, com transmissão ao vivo via canal da BLG Entretenimento no YouTube, com a tradutora dos livros de King, Regiane Winarski, o editor do site stephenking.com.br Edilton Nunes, além dos curadores. 

A masterclass “O Horror que nos Rodeia: Literatura para o Cinema”, ministrada por Rita Ribeiro, tem como objetivo percorrer a trajetória do horror, investigando as influências de Stephen King, suas contribuições para o gênero e as adaptações de suas obras para a TV e o cinema.  Será presencial, gratuito, com retirada de ingressos via Eventim.

A curadora Rita Ribeiro irá ministrar ainda a palestra “O terror na literatura”, também em formato on-line, com inscrição gratuita via plataforma Sympla. “Stephen King é um dos mais notáveis escritores de contos de horror fantástico e ficção de sua geração. A mostra pretende desvendar o fascínio exercido por esse escritor”, comenta Breno de Lira Gomes, curador da mostra.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários