Casal volta a restaurante do 1º encontro e deixa R$ 10 mil de gorjeta

casal deixa gorjeta farta restaurante
Funcionários do local ficaram sem acreditar em tamanha generosidade (Reprodução/ABC)

Após 20 anos de união, um casal apaixonado voltou ao restaurante de seu primeiro encontro e deixou uma gorjeta generosa: 2 mil dólares (cerca de R$ 10 mil). O caso aconteceu no último dia 12, no restaurante Club Lucky, em Chicago, nos Estados Unidos. O caso viralizou nas redes sociais após reportagem do ocorrido. As informações são da ABC.

Enquanto o garçom Eddie Cruz fechava a conta de um casal no Club Lucky na sexta à noite, ele olhou para o recibo e ficou surpreso. “Meu coração disparou”, disse Cruz. “Fiquei correndo de um lado para o outro. Agora creio que posso encontrar alguém, porque isso é inacreditável!”.

A gorjeta superou em muito a conta, depois que o casal deixou R$ 10 mil para o estabelecimento. “Eles [os funcionários] ficaram tipo: ‘Mentira! Que mesa? Onde estão eles? Quem são eles?’”, lembrou Cruz. Acontece que o marido e a mulher não eram estranhos ao restaurante de bairro que já tem mais 30 anos.

Gratidão

A mensagem deixada no recibo mostrava gratidão à história do casal entrelaçada com o lugar que deu início ao romance de duas décadas. “Obrigado por 20 anos de boas lembranças, excelente comida e serviço excepcional. Saúde para muito mais”.

O proprietário disse que o casal generoso, que quer permanecer anônimo, teve seu primeiro encontro no Club Lucky há 20 anos e tem voltado ao local todos os anos nas últimas duas décadas, desde 2001.

Na verdade, o casal volta na data e hora exatas do primeiro encontro, 12 de fevereiro, e se senta na mesma mesa. “Recebemos muitos desses tipos de convidados, eles começaram suas famílias aqui. Eles encontraram suas futuras esposas ou maridos aqui”, disse o proprietário do Club Lucky, Jim Higgins. “É uma verdadeira atmosfera familiar”.

E, neste caso, Higgins disse que esses clientes se tornaram como uma família, que queriam que seu marco comemorado com o restaurante fosse uma alegria compartilhada com todos que lá trabalharam. “Eles foram muito específicos. Queriam ter certeza de que isso seria compartilhado com todos os funcionários”, disse Higgins. “Sabe, quase dá vontade de chorar”, acrescentou Cruz. “É tão emocionante quando as pessoas são tão generosas”.

Reserva eterna

Essa generosidade foi profundamente sentida pela equipe, que não está imune aos impactos econômicos da pandemia. “Isso realmente colocou um sorriso no rosto de todos aqui e ficamos muito felizes por sermos incluídos na vida do casal”, disse Higgins.

Desde o primeiro encontro do casal, ele lhes deu uma reserva permanente por tempo indeterminado. “Essa mesa é a deles: 12 de fevereiro às 19h30 – estande 46. Enquanto o Club Lucky estiver aqui, essa mesa estará lá para eles”, completou Higgins.

Edição: Thiago Ricci
Vitor Fernandes
Vitor Fernandesvitor.fernandes@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva do Portal UOL. Com reportagens vencedoras nos prêmios CDL (2018 e 2019) e Sindibel (2019).

Comentários