Com ração e quartos bizarros, xepa do Big Brother Canadá viraliza

quarto-xepa-big-brother-canadá
O quarto da edição do “Big Brother Canadá”, que começa amanhã (4), é uma piscina de bolinhas (Reprodução/@alvesluc_as/Twitter)

Com menos dinheiro disponível e limitação na comida, a “xepa” do Big Brother Brasil costuma causar conflitos no reality. Além da falta de opções, os alimentos disponíveis – como moela e fígado, na edição atual – também torcem o nariz de alguns brothers, mas a verdade é que eles não viram nada: no Big Brother do Canadá, o buraco é bem mais embaixo. Por lá, a xepa oferece uma ração adaptada para os participantes, e eles ainda dormem em quartos separados – e inusitados.

Na versão canadense do reality, a xepa é chamada de “Have-Not Room” que, traduzido para o português, o nome fica “Não Ter Espaço”. Nessa terça-feira (2), imagens da xepa do “Big Brother Canadá” viralizaram na internet. Lá, os participantes só podem comer um único alimento: uma espécie de ração, cujo nome e Slop, e é composta por whey, aveia, água e proteínas.

Além da alimentação bem limitada, os participantes que ficam na “xepa” canadense também dormem em quartos separados. Os cômodos possuem uma decoração extravagante, e as camas podem ser cadeiras, superfícies duras ou pula-pulas. Na edição deste ano, que começa amanhã (4), o dormitório é nada menos do que uma gigante piscina de bolinhas. Veja algumas imagens:

Projota aguentaria essa xepa?

E é claro que os internautas brasileiros não poderiam deixar de imaginar o rapper Projota num lugar assim. Isso porque ele é um dos participantes que mais gerou reclamações sobre a comida desta edição da xepa do BBB. O rapper chegou a ameaçar sair do programa, dizendo que se passasse fome, pegaria as malas e iria embora. Ademais, ele declarou não gostar de strogonoff e nem de rabada, que são pratos que os brothers da xepa já prepararam.

Edição: Giovanna Fávero
Andreza Miranda
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários