Áudio sobre reunião de Zema e Kalil para anunciar lockdown é FARSA

Alexandre Kalil e Romeu Zema
Áudio que anunciava suposta reunião viralizou nas redes nesta tarde (Moisés Teodoro/BHAZ + Pedro Gontijo / Imprensa MG)

Circula pelas redes sociais, principalmente pelo WhatsApp, um áudio falso que anuncia uma suposta reunião entre o prefeito Alexandre Kalil (PSD) e o governador Romeu Zema (Novo). No áudio, uma pessoas se apresenta como primo do suplente do senador Antônio Anastasia (PSD), Alexandre Silveira.

Graças ao suposto parentesco, o homem afirma ter informações privilegiadas sobre os líderes do município e do estado. O falso “alerta” explica que os postulantes se reuniram na tarde de hoje (4) para definir sobre o fechamento total da capital e de todas as cidades do estado.

“Estourou em Belo Horizonte, como estourou em São Paulo. Eles vão se reunir hoje, às 16h, com a infectologista e equipe médica do Covid. Pela primeira vez, o Zema vai conversar com Kalil, porque viu que não tem jeito de ficar brigando”, diz o homem no falso anúncio. “O Kalil vai esperar chegar ate o fim de semana e vai anunciar o lockdown segunda-feira e o Zema no estado todo”, continua.

PBH e Governo de Minas negam

O BHAZ entrou em contato com a PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) e com o Governo de Minas, que esclareceram que as informações contidas no áudio são falsas. A equipe do Governo chegou a explicar que foi procurada várias vezes ao longo do dia para esclarecer os fatos.

O boato de lockdown veio para preocupar a população, já que parte de Minas Gerais está sob novas medidas de restrição. O governador Romeu Zema (Novo) anunciou, nessa quarta-feira (3), a criação da onda roxa, na qual municípios das regiões de Minas Gerais que estão em situação crítica serão obrigados a enfrentar restrições de circulação e toque de recolher.

A medida determina a suspensão do funcionamento de atividades não-essenciais, a partir de amanhã, em duas regionais do estado: Noroeste e Triângulo Norte. Entenda abaixo o que poderá funcionar nos municípios.

Todas as cidades das regionais serão obrigadas a adotar as medidas, independentemente se, porventura, uma ou outra apresentar números mais amenos. “Nos casos de Uberlândia e Patos de Minas, cidades-pólo das regiões, os prefeitos tomaram medidas restritivas, mas não é o suficiente se as cidades do entorno continuam produzindo e enviando pacientes para lá”, afirmou Zema.

Restrições

Entre as restrições, está a proibição de circulação de pessoas que não se deslocam para atividades essenciais; o toque de recolher das 20h às 5h; a proibição de reuniões presenciais, inclusive de pessoas da mesma família que não moram juntas; entre outras. 

  • Circulação pessoas e veículos pra atividades não-essenciais;
  • Circulação de pessoas sem máscara em qualquer espaço público ou coletivo, ainda que privado;
  • Circulação de pessoas com sintomas de gripe, exceto para realização ou acompanhamento de consultas e exames médicos e hospitalares;
  • Realização de reuniões/eventos presenciais, inclusive entre pessoas da mesma família que não moram juntas;
  • Qualquer tipo de evento público ou privado que possa provocar aglomeração;
  • Funcionamento de bares e restaurantes (permitido somente para delivery).

Cidades afetadas

A onda roxa começa a valer, a partir de amanhã, para todos os municípios no Noroeste e Triângulo Norte. Outras três regionais correm o risco de entrar na onda roxa, conforme o governador Romeu Zema, e terão os indicadores monitorados: Leste do Sul, Norte e Triângulo Sul.

Confira quais cidades fazem parte das duas regionais que enfrentarão as medidas mais restritivas:

Triângulo Norte

  • Cachoeira Dourada
  • Abadia dos Dourados
  • Araguari
  • Araporã
  • Campina Verde
  • Canápolis
  • Capinópolis
  • Cascalho Rico
  • Centralina
  • Coromandel
  • Douradoquara
  • Estrela do Sul
  • Grupiara
  • Gurinhatã
  • Indianópolis
  • Ipiaçu
  • Iraí de Minas
  • Ituiutaba
  • Monte Alegre de Minas
  • Monte Carmelo
  • Nova Ponte
  • Patrocínio
  • Prata
  • Romaria
  • Santa Vitória
  • Tupaciguara
  • Uberlândia

Noroeste

  • Brasilândia de Minas
  • Arapuá
  • Arinos
  • Bonfinópolis de Minas
  • Buritis
  • Cabeceira Grande
  • Carmo do Paranaíba
  • Chapada Gaúcha
  • Cruzeiro da Fortaleza
  • Dom Bosco
  • Formoso
  • Guarda-Mor
  • Guimarânia
  • João Pinheiro
  • Lagamar
  • Lagoa Formosa
  • Lagoa Grande
  • Matutina
  • Natalândia
  • Paracatu
  • Patos de Minas
  • Presidente Olegário
  • Riachinho
  • Rio Paranaíba
  • Santa Rosa da Serra
  • São Gonçalo do Abaeté
  • São Gotardo
  • Serra do Salitre
  • Tiros
  • Unaí
  • Uruana de Minas
  • Varjão de Minas
  • Vazante

Edição: Giovanna Fávero
Jordânia Andrade
Jordânia Andradejordania.andrade@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde outubro de 2020. Jornalista formada no UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) com passagens pelos veículos Sou BH, Alvorada FM e rádio Itatiaia. Atua em projetos com foco em política, diversidade e jornalismo comunitário.

Comentários