Tremor de terra assusta moradores da Grande BH: ‘Tremeu o prédio todo’

Cidade de São José da Lapa
Tremor foi sentido em São José da Lapa (FOTO ILUSTRATIVA: Reprodução/Google Street View)

Atualização às 19:27 do dia 07/03/2021 : Esta reportagem foi editada para incluir a nota da Defesa Civil de Minas Gerais divulgada às 19h de domingo (7).

“Fiquei com tanto medo que achei melhor nem ver o que tinha acontecido”. A frase de uma moradora de São José da Lapa, município da região metropolitana a 30 km de BH, ilustra o que diversos residentes da área sentiram na manhã deste domingo (7): um tremor de terra. As redes sociais foram tomadas para compartilhar a experiência e buscar uma resposta sobre o que tinha ocorrido. O BHAZ procurou um especialista sobre o tema.

“Estava descansando quando senti a casa tremer. Tudo aconteceu bem de manhãzinha. Estava deitada quando, de repente, tudo começou a tremer”, relata Mariana Fujikawa, residente do bairro Jardim Encantado, em São José da Lapa. O tremor que assustou Mariana também foi sentido pela família dela: marido e os filhos.

Em um grupo de WhatsApp voltado para compartilhar notícias da cidade, outros moradores comentaram o que havia acontecido. “Bom dia! Alguém sentiu o tremor?”, perguntou uma integrante. “Sim, aconteceu aqui também”, “Tremeu o prédio todo onde moro”, “Aqui em casa também. Que susto”, responderam alguns.

Mensagens do grupo de WhatsApp São José da Lapa
Moradores enviaram mensagem no grupo do WhatsApp após tremor (Reprodução/WhatsApp)

Outras redes sociais, como o Twitter, também foram procuradas pelos residentes que sentiram o tremor. “Domingo começando bem em São José da Lapa. Um tremor de terra pesado”, publicou, por exemplo, o morador Fernando Bitencourt. O tremor foi sentido também por moradores de outras cidades na região. Apesar disso, o Corpo de Bombeiros informou que, até às 13h11, não havia sido informado de “possíveis tremores em São José da Lapa, Vespasiano e Justinópolis”.

‘Região de fraquezas’

Diante tantos relatos, o BHAZ procurou uma das referências sobre o assunto no Brasil: Marcelo Peres Rocha, chefe do Observatório Sismológico, da UnB (Universidade de Brasília). Afinal, o que pode ter acontecido em São José da Lapa região? “A terra é dinâmica e fica se movimentando, apesar de ser numa velocidade lenta. As placas, ao longo do tempo, se chocam e chega um ponto que não suportam mais. Nesta hora temos os terremotos, causados pelas forças tectônicas e geológicas que estão no interior da terra”, explica o estudioso.

Aquela história de que o Brasil não tem terremoto já caiu por terra – com o perdão do infeliz trocadilho – ainda mais tratando-se de Minas Gerais. “A América do Sul é basicamente um mosaico e Minas está sob um bloco específico que faz limite com blocos menores. Quanto menores os blocos, mais interligados ficam e as regiões de bordas provocam mais temores. Minas está próximo do que chamamos de região de fraquezas”, afirma Rocha.

Apesar do estado mineiro ter a tendência de muitos terremotos, as magnitudes não se comparam com os registrados em outros países – daí a máxima de que Brasil não tem terremotos. “Os tremores que temos em nosso país são de baixa energia/magnitude. As condições geológicas são menos favoráveis. O que explica o fato de termos terremotos é justamente a movimentação do planeta”.

A Defesa Civil de Minas Gerais informou que foi identificado um evento sísmico na região, mas que não havia, até o início da noite deste domingo, “registro de danos ou pessoas afetadas, bem como não houve acionamento das forças de segurança para intervir sobre o ocorrido”. “A Defesa Civil Estadual mantém uma equipe de plantão para emprego imediato em casos de emergência”, complementou o órgão por nota (leia na íntegra abaixo).

A Defesa Civil afirmou ainda que o Centro de Sismologia da USP registrou um evento sísmico de magnitude 2.4 na cidade de São José da Lapa e o Observatório Sismológico da UNB, um evento sísmico de magnitude 2.5 na cidade de Vespasiano, às 8h45min52 (horário de Brasília).

Nota da Defesa Civil

“Com relação ao tremor relatado por moradores de São José da Lapa em 07 de março de 2021, o Gabinete Militar do Governador (GMG), por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), informa que:

  1. A Defesa Civil Estadual mantém uma equipe de plantão para emprego imediato em casos de emergência, não tendo sido acionada para esse fato;
  2. Não há, até o momento, registro de danos ou pessoas afetadas, bem como não houve acionamento das forças de segurança para intervir sobre o ocorrido.
  3. Na data de hoje, foi registrado pelo Centro de Sismologia da USP, um evento sísmico de magnitude 2.4 na cidade de São José da Lapa e pelo Observatório Sismológico da UNB, um evento sísmico de magnitude 2.5 na cidade de Vespasiano, às 08h45min52 (horário de Brasília).

O Governo do Estado, por intermédio da Defesa Civil, permanecerá em atenção ao evento em pauta. Havendo notícias adicionais, estas serão repassadas oportunamente aos órgãos de imprensa”.

Edição: Thiago Ricci
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários