Menina de 8 anos que desapareceu em Santa Luzia é encontrada

menina desaparecida santa luzia
Criança foi encontrada na casa da avó (Arquivo pessoal)

A menina de 8 anos que havia desaparecido nessa segunda-feira (29), foi encontrada pela família, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, após nove horas de buscas. Ela reapareceu no fim da noite na casa da avó e, apesar do final feliz, o sumiço ainda é um mistério. Quando retornou, a menina estava confusa e agitada e relatou que uma mulher desconhecida a levou para uma casa.

De acordo com a PM, por volta de 23h40, o amigo da avó da criança, que mora com ela, foi em um dos quartos da residência e a criança estava lá, deitada. A avó, que não estava em casa, relatou que, após a menina desaparecer, revirou toda a residência e não a encontrou.

De volta em casa, a criança, que estava confusa e agitada, disse que uma mulher a deixou na porta da residência da avó. Ainda segundo a polícia, ela não conseguia repassar muitos dados sobre o que teria acontecido, mas relatou para a mãe que uma mulher a pegou na rua e a levou para uma casa pequena, onde ela brincou com algumas crianças.

Atendimento médico

Em seguida, outra mulher, que teria se apresentado como Vitória, a pegou na rua e a deixou na porta da residência da avó. Diante das informações, a polícia informou que foi realizado um rastreamento com instituto de localizar a mulher, mas não obteve êxito.

Ainda de acordo com a polícia, foi feito assistência à criança. Ela foi levada até a UPA e foi atendida e encaminhada para o Hospital Odilon Behrens, em Belo Horizonte, na região Noroeste da capital. A médica que realizou o atendimento não constatou violência sexual ou física. A menina será assistida pela assistência social do hospital.

Procurada pelo BHAZ, a Polícia Civil informou que instaurou um procedimento para apurar o fato. “A família será acionada para comparecer à Delegacia de Polícia Civil e informar mais detalhes. Quem tiver mais informações pode colaborar pelo 0800 2828 197”, disse, em nota.

Desaparecimento e trotes

A menina de 8 anos havia sido vista pela última vez pela família por volta de meio-dia de ontem (29), na casa da família, no bairro Industrial Americano, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ao BHAZ, a tia de consideração da criança relatou que a mãe dela se deitou para descansar, enquanto a menina ainda estava dentro de casa. Quando ela acordou, por volta de 14h25, não encontrou mais a filha.

A mãe se deslocou até a residência de parentes e amigos, onde a criança tinha costume de ir, mas ela não a encontrou nesses locais. Os bombeiros foram acionados por volta das 16h para procurar a criança. A corporação sobrevoou o local de onde ela desapareceu, onde há uma mata fechada extensa, por uma hora, mas não encontrou sinais da menina. Os militares também fizeram buscas por terra.

A PM relatou à reportagem hoje (30) que a família recebeu várias localizações sobre a criança durante o dia, mas eram trotes.

Após a localização da menina, o BHAZ optou por omitir o rosto e os nomes dela e dos familiares para preservar a criança.

Edição: Giovanna Fávero

Comentários