Rodolffo repete fala racista ao vivo, João rebate e se emociona

joao luiz professor bbb
João Luiz se emociona ao expor fala racista de Rodolffo (Reprodução/Globoplay)

O cantor Rodolffo repetiu uma fala racista sobre o cabelo do professor João Luiz, ao vivo, na noite dessa segunda-feira (6), no BBB21. O fato aconteceu após o mineiro desabafar e expor para toda a casa a situação do último sábado (3), na qual o sertanejo disse que o cabelo de João era parecido com uma peruca de homens das cavernas, usada pelo cantor durante o Castigo do Monstro. João recebeu apoio dos colegas da casa e de milhões de pessoas pelo Brasil, chegando a ter seu nome em primeiro nos assuntos mais comentados do Twitter. O perfil de João se manifestou e disse que “todas as medidas legais serão tomadas”. Por meio das redes sociais, os administradores do perfil de Rodolffo pediram desculpas.

A fala de ontem ocorreu quando João estava participando do Jogo da Discórdia, no qual precisava indicar quem era o melhor jogador, quem era o pior jogador e quem estava jogando sujo. O participante disse que Rodolffo estava jogando sujo e explicou o motivo.

“No sábado, aconteceu uma situação lá no Quarto Cordel em que estávamos eu, Caio, Rodolffo e Juliette. E eu estou dizendo isso aqui agora porque é um momento de muita coragem de poder estar falando, mas o Rodolffo chegou a fazer uma piada do monstro da pré-história com o meu cabelo. Então, isso para mim tocou num ponto muito específico, porque o jogo pode ser sim de coisas que a gente vive aqui dentro, mas aqui dentro é um jogo de respeito. Eu te daria mais umas quatro flechas, disse o professor.

Ao ouvir o desabafo do brother, o cantor sertanejo acabou reafirmando o que havia dito antes: que achou o cabelo dele parecido com o da fantasia inspirada em um homem das cavernas. “Se todo mundo observou como que era a peruca do monstro, acredito eu que é um pouco semelhante”, afirmou.

“Naquela hora lá dentro, eu me calei, não falei nada. Mas você não sabe o quanto que aquilo que você falou me machucou”, rebateu João, já chorando. “Não adianta vir com discurso que você não teve a intenção de fazer. Eu estou cansado de ouvir isso não é só aqui dentro, é lá fora também. Nunca ninguém tem a intenção de machucar, nunca ninguém tem a intenção de fazer as coisas com a gente”, continuou.

Camilla de Lucas, que é sua melhor amiga no jogo, correu para abraçar o companheiro, que seguiu falando. “Porque que não é mais fácil você reconhecer que errou, cara. Eu não estou num desenho animado, não sou a Pedrita, para ficar usando pedrita de pré-história, não. Tem osso no meu cabelo, irmão? Não tem não. Você pode não sentir, mas eu sinto isso todos os dias desde que eu nasci”.

Chocados com a situação, outros participantes disseram que o mínimo que Rodolffo deveria fazer era pedir desculpas. “Desculpa, cara. Perdão”, disse o sertanejo. “Você não falou comigo antes”, continuou o sertanejo, tentando se aproximar do professor. “Por favor, Rodolffo, por favor”, falou João, pedindo para que o cantor se afastasse.

Relembre a fala racista:

Camilla de Lucas defende professor

Pouco depois, foi a vez de Camilla falar na dinâmica. Ela colocou João como o melhor jogador da casa, atribuindo os títulos de “joga sujo” e “pior jogador” para Rodolffo. A digital influencer criticou a forma como o sertanejo agiu com Sarah, última eliminada, e também afirmou que ficou magoada com o comentário do cantor sobre o cabelo do professor.

“O cabelo do João não é o mesmo daquela peruca. Hoje eu uso peruca porque quero voltar com o meu cabelo natural, que é igual ao do João. Então, isso que você fez com ele me deixou mal. E o que cansa a gente não é essa coisa de você não saber o que é, é que as justificativas sempre são essas”, começou Camilla.

“O cabelo do meu pai é igualzinho ao do João. Se fosse para machucar, eu iria querer machucar o meu pai?”, disse o sertanejo. “A gente está em 2021, Rodolffo. Você é uma pessoa jovem que tem acesso à internet, tem acesso ao conhecimento, você não é uma pessoa que vive isolada”, criticou a digital influencer.

Na sequência, o cantor falou que não se ofenderia se outros participantes falassem sobre seu cabelo, mas foi prontamente respondido por Camilla. “Seu cabelo não é julgado como o cabelo crespo. Pesquisem, estamos cansados de ter que explicar sobre nossa cor de pele e nosso cabelo”.

Perfil de Rodolffo pede desculpas

Logo após o início da grande repercussão da fala de João Luiz, os administradores do perfil de Rodolffo pediram desculpas. “Pautas como essa levantadas, principalmente ao vivo, são muito importantes. Obrigado, João Luiz e Camilla de Lucas, por abrirem uma coisa tão delicada que aconteceu. Esperamos que aceitem as desculpas, que perdoe o que te feriu e que tudo possa ser superado por vocês”.

O perfil continuou e disse que Rodolffo será alertado, fora do programa, sobre tudo o que aconteceu na casa. “O discurso de vocês ao vivo representou muitas pessoas. Com certeza estão orgulhosos da força que tiveram, não deve ter sido fácil. Aqui fora, seja amanhã ou em outra semana, explicaremos tudo detalhadamente para o Rodolffo o que aconteceu”.

Pai de Rodolffo desabafa

O perfil também repercutiu a fala do sertanejo dentro da casa quando mencionou o próprio pai, ao alegar que tinha um cabelo parecido com o de João. Os administradores publicaram um texto escrito pelo pai de Rodolffo. “Sou o Juarez, pai do Rodolffo e da Izabella. Meu pai era negro, venho de família humilde. Criei meus filhos na simplicidade que fui criado, olhando todos como iguais, ninguém melhor que ninguém”, inicia a mensagem.

“Não estou aqui para dar palestra, pra defender nenhuma teoria ou criar confusão. Mas sou um pai que está vendo o filho sendo atacado de forma desproporcional. A regra é: julgar e cancelar. O que eu ensinei a ele é que sempre devemos aprender. Mesmo aquilo que eu, da forma simples que sempre vivi, não pude ensinar”, complementa.

Juarez continua e diz que o mundo “está cheio de juízes, que julgam na mesma velocidade que erram”. Ele segue e comenta que já foi chamado por diversos apelidos por conta do cabelo, mas que nunca se importou. “Isso nunca me colocou pra baixo, nem atingiu meu brilho. E o Rodolffo cresceu assim, onde essas brincadeiras eram comuns e não pra machucar. Hoje em dia a gente não sabe mais o que falar. Eu entendo que o mundo mudou, e que isso é ótimo”, argumenta.

“Rodolffo tem um jeito chucro, interiorano, sem maldade, que fala o que vem à mente… Meu filho cresceu livre, começou a trabalhar muito cedo, numa realidade muito diferente dessa que vivemos. Ele é honesto, verdadeiro. E falho como todos nós. Eu vejo meu filho triste, às vezes chorando, pedindo desculpas, pedindo que conversem com ele, procurando melhorar. E seus sentimentos sendo feridos também. Força, meu filho! Seu pai sempre estará contigo!”, finaliza.

João recebe apoio de famosos

João Luiz recebeu o apoio de vários artistas na madrugada desta terça-feira (6) após desabafar ao vivo sobre comentário de Rodolffo que o ofendeu. Uma das manifestações de apoio veio da família do ex-BBB Lucas Penteado. “João, seu cabelo é lindo”, gritaram Lucas e os familiares. “O que o João está passando nós passamos todos os dias”, disse o ex-BBB.

Outra ex-BBB, Thelma Assis, chamou o professor de gigante. “Será que sobrou algum racista para passar pano? Cadê a galera que estava aqui dizendo que era mimimi?”, ela questionou. O youtuber Felipe Neto também se manifestou para dizer que o cabelo de João é lindo. “Todo cabelo é lindo. Racistas não passarão”, afirmou. “Negar e silenciar é confirmar o racismo”, escreveu Ana Paula Renault, também ex-BBB.

A comediante Dadá Coelho usou uma frase atribuída ao ator Will Smith para falar sobre o assunto. “O racismo não está piorando, apenas está sendo filmado”, escreveu nas redes sociais. “João, eu entendo bem o grito engasgado que a sua garganta acabou de soltar. Você foi maravilhoso, coerente e torço para que muitas pessoas possam aprender com o que você falou. Foi forte”, reagiu a atriz Lucy Ramos.

O ator Murilo Rosa chamou João de um cara incrível, inteligente e equilibrado. “Rodolffo perdeu uma chance de se desculpar rapidamente com o João”, disse. “Não se brinca mais com isso, não se pode mais. Esse passo já foi dado e todos sem exceção precisam ter esse cuidado”.

“João merece respeito”, afirmou a cantora Marília Mendonça. Mais cedo, ela havia sido cobrada nas redes sociais para se posicionar sobre atitudes de Rodolffo e negou ser amiga do cantor. “Eu não tô falando isso aqui pra agradar ninguém, tô falando por ter ficado entalada com as lágrimas do João. É exclusivamente por ele. Tanto faz se vou ser julgada de novo. Não é sobre mim”, disse.

Outro músico a se manifestar sobre o caso foi Tico Santa Cruz. Ele pediu para os amigos brancos aprenderem que dizer ter tio, amigo, avó, avô preto não serve de proteção para desviar do racismo. “Por favor, não usem mais esse argumento”. Vários famosos postaram nas redes sociais uma ilustração de João com o cabelo black, um pente-garfo, usado como exaltação da identidade negra, e a frase “Respeita o nosso Cabelo”.

Durante show realizado no BBB 21 no fim de semana, a cantora Ludmilla, 25, fez um desabafo e defendeu João Luiz, alvo do comentário racista de Rodolffo. “Respeita o nosso funk, respeita a nossa cor, respeita o nosso cabelo”, disse a artista.

Perfil de João agradece e fala sobre medidas legais

Após a enxurrada de apoio recebida pelo professor João Luiz, o perfil do brother fez questão de compartilhar algumas delas e agradecer a todos. “Em nome da família e amigos que amam muito o João, gostaríamos de agradecer infinitamente todo o carinho e apoio enviados para nosso amado João Luiz. Também nos solidarizamos com todas as pessoas que diariamente passam algo como o desprezível ocorrido de ontem anoite no jogo da discórdia. Nós estamos JUNTOS com vocês”.

Além disso, os administradores da conta do mineiro disseram que estão atentos a tudo o que ocorre na casa, e que os fatos serão resolvidos legalmente aqui fora. “Por fim, comunicamos que todos os ataques racistas e homofóbicos estão sendo registrados, monitorados e todas as medidas legais serão tomadas”.

Com Folhapress

Edição: Thiago Ricci
Vitor Fernandes
Vitor Fernandesvitor.fernandes@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva do Portal UOL. Com reportagens vencedoras nos prêmios CDL (2018 e 2019) e Sindibel (2019).

Comentários