Foragida internacional é presa em BH após sequestro e agressões contra idoso na Itália

carro policia federal
Espanhola participou de crime contra idoso e fugiu para o Brasil (Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Uma foragida internacional de 43 anos foi presa na manhã de hoje (10) após meses de investigação. De nacionalidade espanhola, ela era procurada pela Justiça italiana por ter sequestrado e agredido um idoso em Gênova, na Itália, ainda em 2009. A foragida veio para o Brasil em 2018 e inicialmente escondeu-se em Belo Horizonte.

De acordo com a Polícia Federal, a prisão da mulher se deu para fins de extradição por determinação do STF (Supremo Tribunal Federal). A espanhola tem contra ela a Difusão Vermelha da Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) desde setembro de 2019, quando a Justiça da Itália a condenou a 12 anos e oito meses de prisão.

A mulher foi condenada pelos crimes de extorsão mediante sequestro e lesões corporais. Segundo a denúncia, o idoso foi sequestrado e sofreu inúmeras agressões, sendo atacado com socos e golpes de taco de golfe. Ainda de acordo com a PF, a mulher vivia em uma condomínio na cidade de Lagoa Santa com os dois filhos.

Após exame de corpo de delito, a mulher será encaminhada para a penitenciária Estêvão Pinto, em Belo Horizonte, onde permanecerá à disposição do Supremo Tribunal Federal.

Roberth Costa
Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal em 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2018 e 2019, além figurar entre os finalistas do prêmio Sindibel, também em 2019.

Comentários