Bate-boca entre Hulk e Pottker em clássico viraliza e web reage

briga hulk pottker vestiário
Troca de farpas começou em campo e se estendeu até os túneis do Mineirão (Reprodução/TV Globo)

O clássico centenário que terminou com a vitória do Cruzeiro contra o Atlético agitou Belo Horizonte nesse domingo (11), mas a partida disputa atenção com outro embate: a briga entre os atacantes Hulk e William Pottker. O bate-boca, que começou ainda em campo e se estendeu até o caminho para os vestiários, viralizou nas redes sociais e, apesar de tenso, rendeu várias piadas.

A discussão começou ainda em campo e rendeu até expulsão, mas nem mesmo o cartão vermelho intimidou os atacantes. Da saída do campo até o vestiário, a briga se agravou ainda mais – com direito a provocações, muito palavrão e menção a fofocas recentes, conforme mostrou um vídeo divulgado pelo GE nesta tarde.

“Você é covarde, rapaz. Pega de frente. Você é homem dentro do campo, né? Vem ser homem fora do campo, machão”, provocou Hulk, ignorando a forte presença de seguranças para controlar a situação. Revoltado, o atacante ainda chamou o adversário de “otário” e “mané” várias vezes, em meio a palavrões. Do outro lado, Pottker reagia da mesma forma.

“Vai embora, chifrudo. Você transa com a mulher dos outros”, gritou o atacante do clube celeste, possivelmente se referindo à polêmica em que Hulk se envolveu no fim de 2019, após assumir um relacionamento com a sobrinha da ex-esposa após 12 anos de casamento. Confira o desdobramento da confusão abaixo:

‘Necessito desse reencontro’

Apesar de lamentável, o episódio divertiu os internautas. Após a exibição do vídeo no GE, as redes sociais foram tomadas por comentários e memes com a discussão. “A briga do Hulk e do Pottker salvou a minha tarde”, disse um torcedor no Twitter. “Mãe, não posso, tô vendo a briga do Hulk com o Pottker pela décima vez”, brincou uma segunda.

Uma outra jovem ainda ressaltou a fala curiosa usada pelo jogador celeste para atacar o rival. “Pottker tá por dentro das fofocas, porque nem eu sabia que a sobrinha do Hulk era casada”, comentou. “Que Cruzeiro x Atlético na semifinal ou final, minha filha, isso é bobagem perto do clássico Hulk x Pottker, eu necessito desse reencontro”, ironizou outra.

“O Cruzeiro pode acabar, o Galo pode acabar, mas a gente não viveria sem o clássico. Todo ano a gente teria que pegar 2 times, vestir as camisas neles e por pra jogar”, comentou um outro, relembrando os já tradicionais episódios de jogadores rivais se estranhando em dia de clássico.

Caso de Justiça

Apesar de ter divertido os torcedores nas redes sociais, a situação, além de lamentável, é séria. Além das ofensas trocadas entre os atacantes, a briga ainda teve arranhão, empurrão nas costas e gerou confusão entre os outros jogadores, que tentaram acalmar os ânimos, mas acabaram se exaltando e agravando ainda mais a briga.

E as punições para Hulk e Pottker ainda podem ser maiores do que o determinado pela regra em situações normais de gancho em caso de cartão, já que, segundo informou o GE, ambos serão julgados pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais por causa da confusão na partida de ontem.

Edição: Roberth Costa
Giovanna Fávero
Giovanna Fáverogiovanna.favero@bhaz.com.br

Repórter no BHAZ desde outubro de 2019. Jornalista graduada pela PUC Minas (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais) e com atuação focada nas editorias de Cidades, Guia e Cultura.

Comentários