Pandemia adia casamento e mulher usa vestido de noiva para se vacinar: ‘Celebração’

Mulher Estados Unidos vestido de noiva vacinação Covid-19
Mulher encarou a cancelamento da festa de casamento com bom humor (Reprodução/@umms/Twitter)

Uma noiva estadunidense que precisou cancelar a festa de casamento devido à pandemia resolveu pegar o vestido da cerimônia, que estava guardado no armário, e estreá-lo em outra ocasião especial: para a vacinação contra a Covid-19. O caso ocorreu nesta semana em Baltimore, no estado de Maryland (EUA).

A noiva, Sarah Studley, explicou o motivo da decisão para um canal de TV local. “Tenho este vestido que não tive oportunidade de usar, é uma celebração. É maior número de pessoas que verei em um ano e meio [no local de receber a vacina], por isso vamos viver isso e por isso usei o vestido. Eu só estava fazendo isso por mim, estava comemorando o dia “, disse ela.

O casamento estava marcado para novembro do ano passado, mas em junho já percebeu que não seria seguro manter a data da festa. “Parecia que não havia uma maneira segura de fazer isso e foi muito estressante. Felizmente, todos foram muito compreensivos, de fato, com todo o feedback que recebi, ‘Oh, graças a Deus você cancelou, eu estava tão preocupado'” contou Sarah. Ela ainda se casou em uma pequena cerimônia em San Diego, em novembro.

E para a segunda dose?

Sarah disse que não planeja usar o vestido de noiva para receber a segunda aplicação da Pfizer, mas revelou que já está pensando no que poderá usar na próxima vez, para tornar o momento ainda mais especial.

Studley disse que o que tornou o momento ainda mais singular foi a equipe entusiasmada que a recebeu no local de vacinação. “Foi a cereja do bolo”, disse ela. “Todo mundo estava, tipo, ‘Você está linda'”, contou. “Você pode tirar minha festa, mas não pode tirar a festa”, finalizou a mulher.

Nos Estados Unidos, mais de 20% da população já recebeu as duas doses da vacina contra a Covid-19 e quase 40% recebeu pelo menos uma dose do imunizante, isto é, mais de 120 milhões de pessoas.

O local de vacinação do estádio é administrado como uma parceria entre o Sistema Médico da Universidade de Maryland, o Departamento de Saúde de Maryland, a Guarda Nacional de Maryland e a Autoridade do Estádio de Maryland. A universidade publicou sobre o episódio: “Lá vem a noiva … para se vacinar no local de vacinação em massa do Estádio M&T Bank. Em vez de deixar o lindo vestido para a recepção de casamento cancelada pela pandemia ficar pendurado em seu armário, Sarah Studley o usou para ser vacinada”, escreveram em rede social.

Edição: Roberth Costa

Comentários