Conhecido nos bares de BH, Ronaldo Leon apresenta ao público o álbum ‘Meu Terreiro’

meu terreiro
O cantor e compositor Ronaldo Leon lança nas plataformas digitais “Meu Terreiro” (Alexandre Rezende/Divulgação)

O cantor e compositor Ronaldo Leon lança nas plataformas digitais, nesta sexta-feira (16), o álbum “Meu Terreiro”, CD solo em comemoração aos 30 anos de carreira do artista. Ronaldo Leon é um velho conhecido do público frequentador do extinto Cartola Bar, reduto do samba de Belo Horizonte que fez muito sucesso no início dos anos 2000.

 Confira o teaser de “Meu Terreiro”

“Meu Terreiro” é um registro autobiográfico do artista que coleciona, ao longo dos anos, composições e canções autorais com influências predominantemente do samba e da bossa-nova, passando pela música regional, além de ritmos de abrangência nacional.

 “A origem desse nome tem dois significados: primeiro porque terreiro remete à infância nas cidades do interior e periferias das cidades grandes, onde nossas raízes culturais foram e estão plantadas; segundo porque toca no desejo de viajar, conhecer e absorver a cultura de outros lugares do mundo sem perder sua essência”, explica Ronaldo Leon.

 Em fevereiro, ele apresentou o single “Joia Rara”, a música de abertura do álbum. Das 11 faixas, cinco são assinadas em parceria com a escritora Viviane Ferreira (“Caminhada”, “Noite de lua”, “Sem cor e sem perfume”, “Estação Delicadeza” e “Do povo dessa cidade”). O artista também incluiu uma parceria com Júlio Costa Val. 

Gravado no Áudio Stúdio Villard por Sérgio Villard e mixado no Estúdio Engenho por André Cabelo, o CD foi produzido e dirigido por Ronaldo Leon, que também assina a maior parte dos arranjos.

Participaram Léo Pires, Rodrigo Carioca e Edson Fernando (bateria), Ricardo Gomes, Kiko Mitre e Aloízio Horta (contrabaixo), Christiano Caldas e Jelber Oliveira (teclados), Juventino Dias (trumpete), Jonas Vitor (saxofone/flauta), Ricardo Acácio, Robson Batata, Daniel Guedes, Débora Perc, Fred Santhi e Leléo Lima (percussões), Sérgio Danilo (flauta/clarinete),  Lucas Viotti (acordeon), Amaury Ângelo e Eugênio Aramuni (guitarras), Diza Franco e Ângela Franco (vocais). 

“Além de excelentes profissionais, são amigos e amigas que caminham  comigo  desde o início e a cada modo, colaboraram para a realização desse projeto tão importante para minha carreira”,  conclui Leon. 

Ronaldo Leon

Natural de Belo Horizonte e autodidata, Ronaldo Leon é um dos grandes nomes da cena noturna da “capital nacional dos bares”, com passagens em casas tradicionais que fizeram história na capital mineira como “Palhoça”, “Via do Sapê” e o próprio “Cartola Bar”. 

 Ganhador de vários festivais de música, tanto em Minas Gerais como em outros Estados, Leon já dividiu o palco com nomes consagrados da MPB como Geraldo Azevedo, Oswaldo Montenegro, Flávio Venturini e João Bosco.

Almanaque
Almanaquealmanaquedosamba@gmail.com

O Almanaque do Samba – A Casa do Samba de Minas Gerais é um projeto patrocinado pela Cemig, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (2011/001/2017), que busca valorizar o samba no estado e os artistas mineiros. Tem um portal (www.almanaquedosamba.com.br) e um programa de rádio, que vai ao ar aos sábados, às 21 horas, pela Rádio Inconfidência (880AM). O conteúdo também pode ser acessado por meio das redes sociais (Facebook, Instagram e Youtube).

Comentários