Motorista invade calçada, mata uma mulher e deixa bebê em estado grave

rua xapuri bh
Acidente aconteceu em cruzamento do bairro Jardim América (Reprodução/Streetview)

Uma mulher de 33 anos morreu após ser atropelada na noite desse domingo (18), na região Oeste de Belo Horizonte. Ela estava com uma bebê de 1 ano no colo quando foi atingida por um carro desgovernado. A criança também sofreu ferimentos – e foi internada em estado grave -, assim como outras duas mulheres que estavam no local no momento do acidente.

De acordo com o registro policial, o carro atropelou as quatro vítimas, que estavam na calçada, após bater em um outro veículo. Os dois motoristas, ambos jovens de 23 anos, permaneceram no local e, durante as primeiras diligências, os militares precisaram pedir apoio, já que um grupo de pessoas que se aglomerou após o acidente ameaçava linchar os condutores.

Um deles contou aos policiais que estava dirigindo na rua Xapuri, no bairro Jardim América, e diminuiu a velocidade em um cruzamento, mas foi atingido pelo outro carro, que atravessou em alta velocidade. O rapaz relatou ainda que, por causa do impacto, os carros perderam o controle e o outro motorista atingiu as vítimas que estavam na calçada.

Bafômetro e crise de pânico

Ainda segundo o relato do motorista, após o acidente, ele teria tentado acionar o resgate pelo próprio telefone, mas não conseguiu e pediu ajuda a pessoas que passavam pelo local. O rapaz aceitou fazer o teste do bafômetro, que não identificou consumo de álcool.

Já o outro motorista se recusou a realizar o teste e teve a carteira de habilitação recolhida. Enquanto a PM ainda estava no local, o rapaz teve uma crise de pânico e precisou ser encaminhado a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Ele recebeu atendimento médico e continuou no centro de saúde, sem previsão de alta, sob escolta policial.

A mulher que estava com a criança no colo não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no local. A bebê foi levada para o hospital em estado grave e as outras duas vítimas – mulheres de 32 e 34 anos – também precisaram de atendimento médico. Elas foram encaminhadas a uma UPA com ferimentos que incluíam cortes, dores no corpo, dente quebrado e sangramento no ouvido.

Homicídio culposo

Procurada pelo BHAZ, a Polícia Civil informou que “os condutores foram autuados em flagrante por homicídio culposo na direção de veículo automotor”. Ainda segundo a corporação, um dos motoristas está sendo encaminhado para o sistema prisional nesta manhã.

O outro, que sofreu a crise de pânico, “está sob escolta e cuidados médicos e será encaminhado ao sistema prisional posteriormente”. “A investigação prossegue sob responsabilidade da Divisão Especializada em Prevenção e Investigação de Crimes de Trânsito”, concluiu a polícia, em nota.

Edição: Thiago Ricci
Giovanna Fávero
Giovanna Fáverogiovanna.favero@bhaz.com.br

Repórter no BHAZ desde outubro de 2019. Jornalista graduada pela PUC Minas (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais) e com atuação focada nas editorias de Cidades, Guia e Cultura.

Comentários