Goleiro reserva Matheus Mendes brilha, Galo faz 3 gols e encaminha vaga na final

jogo atlético tombense
Galo saiu na frente do Tombense em partida realizada hoje (Pedro Souza/Atlético)

Aconteceu de tudo um pouco na vitória por 3 a 0 do Galo contra o Tombense nesta tarde de sábado (1º) no Independência, em Belo Horizonte. No primeiro jogo da semifinal do Mineiro, teve gol de pênalti, golaço de fora da área, expulsão de goleiro e pênalti defendido logo depois! A estreia do arqueiro atleticano Matheus Mendes no time profissional foi de surpresa, mas não poderia ter sido melhor, já que ele salvou o clube diversas vezes.

Em razão da melhor campanha no campeonato, o Galo pode até perder pela mesma diferença de gols no jogo da volta, que irá garantir a vaga na final. O confronto decisivo ocorre no sábado (8) às 16h30, no Mineirão. Alguns dias antes, na noite de terça-feira (4), o Galo será mandante de outro jogo importante pela Copa Libertadores, contra o Cerro Porteño. 

Um gol atrás do outro

O Atlético começou o jogo tentando ir pra cima do Tombense e teve sua primeira chance aos 7 do 1T. Hyoran chutou rasteiro da entrada da área, mas a bola foi para fora. Porém, não demorou muito para o meia acertar a mira: aos 15 minutos, Hyoran recebeu belo passe de Hulk na área e teve a tranquilidade de limpar a marcação e chutar direto para o gol, abrindo o marcador para o Galo.

O Galo ampliou pouco tempo depois. Aos 19 do 1T, o árbitro interpretou que Hulk foi empurrado na área, marcando penalidade máxima, confirmada pelo VAR (sistema presente apenas no mata-mata do Mineiro). Guga cobrou no canto direito e o goleiro Felipe Garcia até caiu no lado certo… mas a bola foi no cantinho e estufou as redes: 2 a 0 para o clube alvinegro.

“Keké isso”!!!

O time de Tombos tentou não se abalar com a desvantagem no placar. O atacante Keké, um dos destaques da equipe e o artilheiro do campeonato com 6 gols, quase fez o sétimo aos 23 com um chutaço de fora da área. O goleiro Everson fez grande defesa e a bola ainda tocou no travessão antes de sair. O atacante do Tombense estava aparecendo tanto na partida que até “canetou” dois atleticanos…

Na volta para o 2T, aos 7 minutos, o time teve mais uma chance de diminuir com a boa cobrança de falta de Manoel, mas a bola foi perto do travessão.

É o super-herói!

Mesmo com o esboço de reação do adversário, o Galo continuava querendo mais. Na marca dos 16 do 2T, Hulk viu o goleiro um pouquinho adiantado, aproveitou e chutou uma bomba de fora da área, direto para as redes.

+1 pênalti no jogo

O Tombense teve grandes chances de diminuir a desvantagem, mas desperdiçou todas. Aos 23, o jogador aproveitou a falha da zaga, invadiu a área e poderia ter tocado para seu companheiro de frente para o gol livre, mas preferiu fazer a jogada individual. Everson não deixou, cometeu o pênalti e acabou sendo expulso no lance. Na cobrança, Keké chutou no canto direito para grande defesa do jovem goleiro Matheus Mendes, que ainda “catou” o rebote no lance!

Era o começo de uma ótima atuação do goleirão, justamente em seu primeiro jogo como profissional! Afinal, o Tombense estava com um a mais e partiu para cima do Galo. Na marca dos 36 minutos, Matheus Mendes defendeu um chutaço de Marquinhos. Já aos 42, o arqueiro espalmou uma bomba de fora da área de Manoel. No finalzinho da partida, já nos acréscimos, Tardelli saiu cara a cara com Felipe Garcia, mas o goleiro evitou o 4º gol atleticano.

Fim de jogo no primeiro duelo da semi: 3 a 0 para o Galo, com a vaga praticamente encaminhada para a final do Mineiro 2021.

Edição: Roberth Costa
Beatriz Kalil Othero
Beatriz Kalil Otherobeatrizkof@gmail.com

Mineira de BH, graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre os jogos dos times mineiros como repórter freelancer para o BHAZ.

Comentários