Homem mata enteada, atira na esposa e se enforca após ela pedir divórcio

homem mate enteada
Jovem de 18 anos morreu na hora e mãe está hospitalizada (Reprodução/Instagram)

Um homem, suspeito de matar a enteada de 18 anos e atirar contra a esposa, no município de Coração de Jesus, no Norte de Minas, foi encontrado enforcado, na margem da MGC-251, após fugir da cena do crime. O caso aconteceu na tarde de domingo (2) e o homem foi localizado na manhã do dia seguinte. A esposa relatou que tinha pedido o divórcio no mesmo dia.

A enteada foi encontrada morta no banco de trás de um Chevrolet Celta preto, depois que a polícia foi acionada e iniciou o rastreamento do homem. A jovem foi alvejada e morta dentro do veículo, depois de uma discussão entre o homem, de 48 anos, e a esposa, de 49. Ela recebeu três disparos de arma de fogo, sendo um no queixo, um no ombro esquerdo e outro debaixo da axila, também do lado esquerdo.

A mulher do suspeito, atingida por tiros nas costas, no seio esquerdo, dois na região cervical e um na cabeça, foi levada para o Hospital Municipal de Coração de Jesus. Ainda no domingo, ela foi transferida para a Santa Casa de Montes Claros, onde foi submetida a uma cirurgia.

Ela foi socorrida por populares, que avistaram os dois discutindo no interior do carro, escutaram o barulho de tiro e avistaram a esposa caída no chão da rua. De acordo testemunhas, quando ela caiu no solo, o homem deu um tiro nas costas e um na cabeça dela. Em seguida, ele fugiu em alta velocidade, com uma das portas ainda abertas. Eles não tinham avistado a outra vítima no interior do veículo.

Enforcamento

A PM (Polícia Militar) foi acionada após a evasão, na MGC-251, sentido cidade de Ibiaí, e iniciou o rastreamento do homem. Eles encontraram o veículo abandonado, na margem da rodovia, na altura do km 627, com um celular, a arma de fogo e um projétil, além da jovem no banco traseiro, que não apresentava sinais vitais. O Samu foi acionado e constatou o óbito. O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Montes Claros.

De acordo com os militares, usuários da via alegaram ter avistado o autor andando a pé na margem da rodovia. A Polícia Rodoviária e a guarnição do meio ambiente da cidade de São João da Lagoa tentaram localizar o autor, mas não o encontraram. Logo após, a guarnição de choque continuou o rastreamento, mas ele não foi localizado.

No dia seguinte, em continuidade com a busca, uma testemunha relatou aos militares que o autor estava com o veículo estacionado da rodovia e pediu a ele uma corda emprestada para puxar o carro. Ele disse que não viu o corpo da vítima no interior do veículo. Depois de receber a corda, o suspeito saiu do local.

A polícia iniciou, então, uma busca na mata, à margem da rodovia, e localizaram o autor enforcado. Ele estava com a corda amarrada no pescoço e uma árvore. O perito da Polícia Civil foi ao local e constatou o óbito do autor. O corpo foi removido pra o IML de Montes Claros.

Discussão

Testemunhas que presenciaram os disparos relataram que depois de atirar na mulher, caída no solo, o homem colocou a arma debaixo do próprio queixo e tentou, por duas vezes, deferir disparo contra a própria cabeça, mas não tinha munição. Todas tinham sido usadas contra as vítimas.

Segundo a polícia, em contato com vitima no hospital, ela relatou que o relacionamento com o autor estava conturbado e que há algum tempo estavam acontecendo atritos entre eles, mas que não solicitou nenhum registro de ocorrência.

Ela ainda contou que o homem ingeriu bebida alcoólica na manhã do crime. Quando o marido chegou em casa, ela disse a ele que queria se separar, pedir divórcio, e ele ficou muito nervoso. Nesse momento, eles começaram a discutir. Após esse fato, ela disse não se lembrar de mais nada.

‘Eu não consigo acreditar’

Ana Carolina, proprietária da loja “Carol Store”, com sete lojas físicas no Norte de Minas, como Coração de Jesus e Montes Claros, publicou uma homenagem para a irmã, que foi morta pelo homem, e para a mãe, que ainda está hospitalizada, sem saber da morte da filha. “Eu estou sonhando, tudo isso é pesadelo! Logo eu vou acordar e vai estar tudo bem”, escreveu em rede social.

“Eu não sei de onde vou tirar mais forças para continuar, minha vida perdeu o sentido, a direção, a metade dos motivos que eu tinha para correr atrás de uma vida melhor, eu não consigo acreditar, às vezes acho que é só um pesadelo e que logo, logo eu vou te ligar”, continuou. “Eu não sei como vai ser quando nossa mãe souber da sua partida, ela não para de me perguntar de você, eu não sei como vou dizer para suas sobrinhas que elas não vão mais te ver”.

“Você é muito querida, você não sabe quantas pessoas estão sofrendo com a sua partida, sei que você agora é nosso anjo, e eu te peço: cuida da nossa mãe! Ela precisa sair dessa e essa tragédia não pode ser maior”, escreveu. “Você não deixou nossa mãe sozinha como eu havia te pedido, e você não merecia esse fim. Estou passando pelos piores dias da minha vida, eu não tinha noção que existia tamanha dor, e nem que fosse tão difícil despedir de alguém que amo”, completa.

Edição: Vitor Fernandes

Comentários