Apagão: Galo sofre a virada no fim pela estreia no Brasileirão

jogo galo fortaleza (1)
De virada, Galo perdeu primeiro jogo do campeonato para o Fortaleza (Alan Alencar/Zimel Press/Folhapress)

Na primeira rodada do Brasileirão 2021, o Galo saiu na frente, mas sofreu a virada para o Fortaleza no finalzinho. Hulk fez de pênalti e Pikachu marcou os dois gols do tricolor. O duelo ocorreu na manhã de calor deste domingo (30), no Mineirão, em Belo Horizonte. Na próxima rodada da competição, o Atlético tentará conseguir os primeiros pontos na tabela contra o Sport, na Ilha do Retiro, no próximo domingo (6). Mas antes, o clube tem outro importante jogo fora de casa. O adversário é o Remo (PA) pela 3ª fase da Copa do Brasil, nesta quarta (2) às 19h.

Homenagem

A primeira partida do Galo no Brasileirão também ficou marcada por uma homenagem ao ídolo Diego Tardelli, que se despediu do clube recentemente. O jogador estava nas arquibancadas do estádio para assistir ao jogo.

Jogo quente

A partida começou com mais posse de bola do Atlético. Aos 8 do 1T, Savarino chutou bem da entrada da área, mas a bola subiu. No minuto seguinte, Allan roubou a bola e tentou surpreender o goleiro Felipe Alves com um chute rasteiro, mas ele conseguiu tirar de pé. Arana tentou um chute de fora aos 13, para outra boa defesa do arqueiro do Fortaleza. 

O time visitante passou a adiantar mais a marcação e também tentava assustar. A tabela de Lucas Crispim e Robson aos 19 do 1T resultou num chute perigoso do atacante que passou perto. O Galo chegou bem de novo com ótima jogada aos 35: Savarino achou Hulk sozinho na área, mas o atacante isolou. 

Galo na frente

Pouco depois, aos 37, o árbitro viu empurrão de Tite em Hulk dentro da área: penalidade máxima para o time alvinegro. Os jogadores do Fortaleza reclamaram muito da decisão e o juiz acabou amarelando Felipe Alves e Wellington Paulista. O pênalti foi mantido e o próprio Hulk cobrou no cantinho direto para as redes, fazendo o primeiro gol do Galo no Brasileirão 2021 e o 9º dele com a camisa atleticana.

Quase que o Fortaleza empatou no final do 1T. Na marca dos 45, Felipe chutou uma bola venenosa de longa distância e Everson espalmou para escanteio.

Leão cresce

Na segunda etapa, o Galo diminuiu a intensidade, enquanto o Leão aproveitou os espaços para investir nos ataques. Aos 11 do 2T, o Fortaleza chegou a mandar a bola para as redes, mas foi confirmado o impedimento na jogada.

Até que pouco depois, aos 14 do 2T, a pressão do time tricolor resultou em gol (legal, desta vez). Yago Pikachu recebeu na área, chutou cruzado forte e a bola estufou as redes, empatando a partida. Foi o primeiro gol sofrido pelo Atlético nos últimos 5 jogos.

Elétrico no fim!

Possivelmente em decorrência do forte calor na capital mineira, os times diminuíram o ritmo por um tempo, até que aos 41, Tinga tentou uma bonita bicicleta, Everson espalmou, mas o jogador estava em posição de impedimento. O Galo respondeu dois minutos depois com chutaço de falta de Hulk, para grande defesa de Felipe Alves. Aos 45, mais um grande lance: Vargas tentou de dentro da área e Tinga salvou o Fortaleza.

De novo, Pikachu

E quando o jogo se encaminhava para o final, o tricolor virou o jogo no contra-ataque mortal aos 48. Pikachu invadiu a área e chutou uma bomba, fazendo o segundo dele na partida. Fim de papo: de virada, o Galo perde o primeiro duelo do campeonato para o Forteleza por 2 a 1.

Beatriz Kalil Othero
Beatriz Kalil Otherobeatrizkof@gmail.com

Mineira de BH, graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre os jogos dos times mineiros como repórter freelancer para o BHAZ.

Comentários