Apresentadora deixa RedeTV! por não concordar com falas de Sikêra Jr.

nathalia arcuri deixa redetv!
Nathalia deu a entender que emissora não tinha alinhamento com seus valores pessoais (Reprodução/@nathaliaarcuri/Instagram)

A empresária Nathalia Arcuri, 36, que apresentava o programa “Me Poupe! Show”, na RedeTV!, pediu demissão da emissora por conta das diversas falas homofóbicas do também apresentador Sikêra Jr. Segundo o UOL, a apresentadora não concorda com postura do jornalista, que é abertamente contra comunidade LGBTQUIA+.

Nathalia chegou a afirmar em suas redes sociais que o seu limite e de sua empresa é o alinhamento com seus “valores e princípios”. O apresentador Sikêra Jr. atacou a comunidade LGBTQUIA+ chamando-os de “raça desgraçada” que quer “acabar com a a família tradicional brasileira”. 

“Quando os nossos valores são colocados em jogo, é muito claro pra gente: ali é nosso limite. Por isso tomei a decisão de sair e acabar com meu programa na RedeTV!”, diz Nathalia. Entre os valores que a apresentadora cita estão respeito, liberdade e educação.

Em nota, a emissora agradeceu o empenho da jornalista e desejou sucesso para ela na carreira. Nathalia foi anunciada pela emissora em março de 2021, com contrato para receber salário de apenas R$ 1. “A RedeTV! confirma a saída de Nathalia Arcuri. A emissora agradece o profissionalismo e empenho da jornalista e deseja sucesso em sua jornada. O último episódio do Me Poupe! Show será exibido na terça-feira (20)”, diz o comunicado.

Entenda

Na sexta-feira (26), às vésperas do Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, o apresentador do Alerta Nacional, da RedeTV!, Sikêra Júnior, xingou todos os homossexuais durante editorial em seu programa. Sikêra disse que as pessoas que integram o movimento LGBTQIA+ são uma “raça desgraçada” que quer “acabar com a a família tradicional brasileira”.

“A criançada está sendo usada. Um povo lacrador que não convence mais os adultos e agora vão usar as crianças. É uma lição de comunismo: vamos atacar a base, a base familiar, é isso que eles querem. Nós não vamos deixar”, disse o apresentador em referência a uma peça publicitária do Burger King, que apresenta um caminho para pessoas que dizem não saber como explicar LGBTQIA+ para crianças. A temática do comercial não agradou grupos conservadores, inclusive o pastor Silas Malafaia.

“Vocês são nojentos. A gente está calado, engolindo essa raça desgraçada, mas vai chegar um momento que vamos ter que fazer um barulho maior. Deixa a criança crescer, brincar, descobrir por ela mesma. O comercial é podre, nojento”, disse Sikêra, em meio a outras acusações.

Edição: Giovanna Fávero
Jordânia Andrade
Jordânia Andradejordania.andrade@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde outubro de 2020. Jornalista formada no UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) com passagens pelos veículos Sou BH, Alvorada FM e rádio Itatiaia. Atua em projetos com foco em política, diversidade e jornalismo comunitário.

Comentários