Atenção! Tereza Cristina é bloqueada por risco de inundação

avenida alagada mapa chuva bh
Risco de alagamento interdita Tereza Cristina (FOTO ILUSTRATIVA: Reprodução/Redes sociais + Defesa Civil/Divulgação)

Atualização às 16:23 do dia 05/12/2020 : A avenida Tereza Cristina foi desbloqueada após o volume do ribeirão Arrudas e do córrego Ferrugem diminuir, segundo informou a Defesa Civil por volta das 16h10.

Atenção, motoristas e quem mais passa por Belo Horizonte na tarde deste sábado (5). A avenida Tereza Cristina, uma das principais da região Oeste da capital mineira, acaba de ser interditada pela Defesa Civil por risco de inundação. Uma forte chuva atinge algumas áreas da cidade na tarde de hoje e, por volta das 15h, a Oeste e o Barreiro eram intensamente atingidos.

“Risco de transbordamento do córrego Ferrugem (limite de Contagem). Evite trafegar pelas avenidas Palestina, do Canal, Sideral e Tereza Cristina (bairro Cidade Industrial)”, afirma a Defesa Civil de Belo Horizonte em publicação nas redes sociais.

mapa belo horizonte chuva sabado
Mapa de BH às 15h30 (Defesa Civil de BH/Divulgaçã)

Mais cedo, o órgão já havia alertado para o risco de chuvas durante o fim de semana. “Possibilidade de chuva (20 a 40 mm) com raios e rajadas de vento em torno de 50 km/h até 8h de domingo (6)”, afirmou às 11h30. A meteorologia prevê dias com sol, mas com pancadas de chuva na capital mineira até segunda-feira.

Ontem, as regiões Oeste, Venda Nova e Barreiro receberam forte chuva. A Oeste, por exemplo, acumulou 34,4 mm de água em apenas quatro horas – das 14h55 às 18h55. A quantidade é cerca de 10% da média histórica do que a capital mineira recebe todos os anos em dezembro.

Veja quanto tinha chovido em BH até 19h de ontem:

Barreiro: 35,8 (10%)
Centro-Sul: 13,8 (4%)
Leste: 13,4 (4%)
Nordeste: 4,4 (1%)
Noroeste: 13,2 (4%)
Norte: 2,8 (1%)
Oeste: 35,8 (10%)
Pampulha: 15,4 (4%)
Venda Nova: 38,4 (11%)

Fonte: Defesa Civil de Belo Horizonte
Média Climatológica DEZEMBRO: 358,9 mm

Orientações da Defesa Civil:⠀

  • Redobre a sua atenção! Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva.
  • Não atravesse ruas alagadas ou deixe crianças brincando na enxurrada e nas águas dos córregos.
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.
  • Atenção especial em áreas de encostas e morros.
  • Jamais se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199).
  • Se você observar o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d’água avise imediatamente a Defesa Civil (199).
  • Em caso de raios: não permaneça em áreas abertas e altas, não use equipamentos elétricos.
Thiago Ricci
Thiago Riccithiago.ricci@bhaz.com.br

Editor-executivo do BHAZ desde agosto de 2018, cargo ocupado também entre 2016 e 2017. Jornalista pós-graduado em Jornalismo Investigativo, pela Abraji/ESPM. Editor-chefe do SouBH entre 2017 e 2018; correspondente do jornal O Globo em Minas Gerais, entre 2014 e 2015, durante as eleições presidenciais; com passagens pelos jornais Hoje em Dia e Metro, TVs Record e Band, além da rádio UFMG Educativa, portal Terra e ONG Oficina de Imagens. Teve reportagens agraciadas pelos prêmios CDL, Délio Rocha, Adep-MG e Sindibel.

Comentários