BH celebra o cenário local do samba em evento 100% online; confira a programação

Aline Calixto
Uma das principais atrações do evento será o lançamento do novo DVD da cantora e compositora Aline Calixto (Circuito Comemorativo do Samba/Divulgação)


Que Belo Horizonte respira samba, desde a Lagoinha até a Zona Sul, não há a menor dúvida. Foi por esse motivo que o Circuito Comemorativo do Samba decidiu antecipar as comemorações do Dia Nacional do Samba na capital. Ao longo dos próximos dias – 26, 27 e 29 de junho -, será realizada uma programação especial no YouTube do Circuito para quem está morrendo de saudade de uma roda de samba.

Neste sábado (26), às 17h, o percussionista Fábio Martins vai ministrar a Oficina Musical “O samba, ritmos brasileiros e seus instrumentos”. Nela, o mineiro apresentará um pouco do processo de formação dos ritmos que compõem a música popular brasileira, suas principais influências, além de seus atores centrais.

Já no domingo (27), às 11h, a percussionista e produtora cultural Alcione Oliveira ministrará a Oficina do “Couro Encantado: Percussão Em Movimento”, que promete um verdadeiro passeio histórico-musical pelos ritmos populares. No mesmo dia, às 17h, a produtora e gestora cultural, Joyce Cordeiro, vai promover um bate-papo sobre os desafios encontrados pelas mulheres na produção artística do samba.

Por fim, na terça-feira (29), a partir das 20h a artista Júlia Rocha apresenta o show “CURA”, com músicas do seu EP lançado em janeiro de 2021, que foi integralmente construído durante o isolamento.

Na sequência, haverá o lançamento do DVD da cantora e compositora Aline Calixto, o “10 Anos Aline Calixto – Ao Vivo em Belo Horizonte”. O trabalho inédito da artista traz várias das canções marcantes de sua carreira, além da última gravação em vida da sambista Beth Carvalho.

Dia Nacional do Samba

O Dia Nacional do Samba foi comemorado, pela 1ª vez, em 02 de dezembro de 1940, na cidade de Salvador, com o intuito inicial de homenagear o sambista mineiro Ary Barroso. A data marca a primeira visita que Barroso fez à Bahia.

A festa foi se espalhando pelo Brasil e acabou oficializada no Rio de Janeiro, em 1962. Em BH, a comemoração foi inserida no calendário oficialmente em 2019, mas a pandemia apresentou dificuldades de adaptação para o meio artístico.

Confira a programação:

  • 26 de junho, às 17h, Oficina Musical | O samba, ritmos brasileiros e seus instrumentos, com Fábio Martins;
  • 27 de junho, às 11h, Oficina do Couro Encantado | “Percussão Em Movimento”, com Alcione Oliveira;
  • 27 de junho, às 17h – Palestra Produção no Samba, com Joyce Cordeiro;
  • 29 de junho – Transmissão do show de encerramento do projeto, às 20h. Haverá uma apresentação com a cantora e compositora Júlia Rocha e participação de Dóris do Samba, Luciene Gomes e Gustavo Maguá. Na sequência, Aline Calixto fecha o projeto com chave de ouro, lançando o DVD “10 Anos Aline Calixto| Ao Vivo em BH”, com participação de Tavinho Leoni, Cinara Ribeiro e Marina Gomes.

Toda a programação será exibida pelo canal do Circuito Comemorativo do Samba no YouTube.

Edição: Giovanna Fávero
Larissa Reis
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários