Biel diz ter sido expulso de restaurante por usar roupas ‘inadequadas’ e se revolta

biel expulso restaurante
Biel afirma ter sido expulso por usar regata (Reprodução/@biel/Instagram)

O cantor Biel, de 25 anos, afirmou na noite de ontem (13) que foi convidado a se retirar do restaurante Terraço Itália, em São Paulo, juntamente com sua namorada Tays Reis, de 26 anos, por usar uma regata. Biel gravou uma série de vídeos em seu Instagram contando o ocorrido.

De acordo com o cantor, o acaso aconteceu na noite de segunda-feira. Ele afirma que estava vestido com um blazer branco, uma regata da mesma cor, calça preta e um tênis colorido. Porém, ao retirar o casaco por conta do calor, foi expulso do local. De acordo com Biel, o restaurante só aceita clientes com traje de esporte fino.

Procurado pelo BHAZ, o restaurante Terraço Itália lamentou o ocorrido e explicou que no documento de reserva foi informado qual o traje de roupa aceito no local. “A nossa equipe pediu educadamente para que o cliente vestisse o blazer”, diz o gerente em nota (leia abaixo).

“Tinha mulher de vestido de alça mostrando muito mais pele do que eu. Mas ele [gerente] falou que comigo era diferente. Por quê? Por causa da tatuagem? Por que eu tenho os dois braços fechados? Qual é a diferença? Nunca fui tão humilhado na minha vida”, afirmou ele nos stories.

Por sua vez, a namorada do cantor concordou com as falas e disse que a situação foi um “absurdo”. Ela ainda segurou o celular com a página do restaurante aberta, onde era possível ver foto de uma suposta frequentadora do restaurante usando vestido com ombros a mostra. “E o Gabriel não pode mostrar os braços”, ironizou Tays.

Nota do Terraço Itália na íntegra

“Lamentamos o ocorrido com o cantor Biel que não atendeu ontem, dia 13/09 no horário do jantar, as exigências necessárias para permanência no Terraço Itália. Compartilhamos em nossas reservas a informação sobre o dress code exigido para os que desejam frequentar o restaurante.

A nossa equipe pediu educadamente para que o cliente vestisse o blazer, pois somente regata não comporta aos requisitos exigidos para todos que desejam ter uma experiência no local, porém o mesmo se recusou agindo de forma deselegante com os nossos funcionários.E não foi expulso, saiu por vontade própria” – Alberto Cestrone, gerente do Terraço Italia

Jordânia Andrade
Jordânia Andradejordania.andrade@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde outubro de 2020. Jornalista formada no UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) com passagens pelos veículos Sou BH, Alvorada FM e rádio Itatiaia. Atua em projetos com foco em política, diversidade e jornalismo comunitário.

Comentários