Governo de Minas abre 6,5 mil vagas em cursos profissionalizantes gratuitos; saiba como se inscrever

sala-de-aula
Cursos acontecerão nas escolas estaduais de Minas (Gil Leonardi/Imprensa MG)

A SEE/MG (Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais) está divulgando 6,5 mil vagas em cursos gratuitos profissionalizantes. As bolsas fazem parte da modalidade FIC (Formação Inicial Continuada), e as aulas acontecerão em 113 escolas estaduais de Minas. Os interessados devem se inscrever a partir da próxima segunda-feira (23) na escola que oferece o curso de interesse do candidato. As inscrições vão até o dia 31 deste mês.

Os cursos de FIC são de curta duração, sendo 160 a 240 horas/aula, e são uma oportunidade para quem procura se inserir no mercado de trabalho ou mesmo uma qualificação profissional. As aulas serão ministradas no segundo semestre deste ano. Ao todo, são dez opções de cursos.

Em Belo Horizonte, algumas escolas irão abrir vagas para os cursos de Contador de História e de Assistente de Controle de Qualidade. Já em Bom Despacho, região Centro-Oeste de Minas Gerais, as vagas são para o curso de Promotor de Vendas. No município de São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas, será oferecido o curso de Representante Comercial.

Inscrições e matrícula

As bolsas de FIC fazem parte do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) e, atualmente, estão inseridos no projeto Novos Caminhos, do Governo Federal. Em relação às inscrições, não é necessário ter vínculo com alguma escola estadual, entretanto, o candidato deve ficar atento à escolaridade mínima exigida para cada curso.

No edital disponibilizado pelo Governo de Minas, o interessado pode conferir os cursos oferecidos por cada escola e conferir a escolaridade mínima exigida. Para se inscrever, o candidato deverá apresentar RG e CPF, comprovante de residência e outros documentos (acesse o edital aqui).

A divulgação da classificação acontecerá no dia 1/09, no local informado pela própria escola no ato da inscrição. Em relação à matrícula, ela acontecerá na primeira chamada – no período de 8/9 a 10/9. Ademais, haverá uma bolsa-formação para custear transporte e lanche dos alunos frequentes que seguirem todas as determinações do edital.

Formato das aulas

O edital do FIC informa que os cursos são presenciais, no entanto, devido à pandemia de Covid-19 e considerando as exigências dos órgãos reguladores, é possível que as aulas adotem o formato remoto, com metodologia híbrida. Nesse caso, o retorno 100% presencial ficará a cargo dos protocolos estabelecidos pelas autoridades sanitárias.

Com Agência Minas

Edição: Giovanna Fávero
Andreza Miranda
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários