Mais de 300 vagas! Senac oferece cursos profissionalizantes gratuitos em BH

fachada senac
As aulas começam entre setembro e outubro e serão realizadas no modelo híbrido (Senac/Divulgação)

As três unidades do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) em Belo Horizonte estão com mais de 330 vagas abertas para cursos gratuitos dentro do Programa Senac de Gratuidade. Para se inscrever, a renda familiar mensal per capita do candidato não pode ultrapassar o valor de dois salários mínimos.

Os cursos oferecidos são para quem deseja trabalhar como técnico em administração, cuidador de idoso, cuidador infantil, maquiador, assistente de pessoal, operador de computador, vendedor, empreendedorismo digital, recepcionista, entre outras áreas. A oferta de todos os cursos está disponível no site do Senac, onde também deve ser feita a inscrição.

As aulas começam entre setembro e outubro e serão realizadas no modelo híbrido, ou seja, as aulas práticas acontecerão de forma presencial – seguindo todos os protocolos de segurança necessários – enquanto as aulas teóricas serão oferecidas de forma remota. Confira o endereço das unidades:

  • Senac Centro (rua dos Tupinambás, 1038 – Centro). Informações: (31) 3048-1313;
  • Senac em Venda Nova (av. Liége, 213 – Jardim dos Comerciários. Informações: (31) 3343-5700;
  • Núcleo de Pós-Graduação (rua dos Guajajaras, 40, 15º e 16º andares – Centro). Informações: (31) 3048-9402.

Docentes qualificados

Para a diretora do Núcleo de Pós-graduação e Educação a distância do Senac, Renata Boggione, essa é uma ótima oportunidade para aqueles que querem ampliar os seus conhecimentos e enriquecer o currículo. “O Senac possui um portfólio diversificado que contempla diversas áreas de atuação, portanto o aluno tem a oportunidade de transitar por universos variados”, comenta.

“Na instituição, o aluno tem a segurança de contar com uma equipe de docentes qualificada, com forte atuação no mercado e, além disso, a estrutura de nossas unidades de ensino garantem um aprendizado completo que prepara o aluno para atuação no mercado”, afirma Renata.

Edição: Roberth Costa
Larissa Reis
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários