Circo, dança, artes visuais e mais: Arena da Cultura, em BH, tem 2 mil vagas gratuitas

cursos escola livre de artes
Atividades serão realizadas de forma remota por conta da pandemia de Covid (PBH/Divulgação)

A PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) abriu ontem (21) as inscrições para atividades da Escola Livre de Artes Arena da Cultura, destinadas ao segundo semestre de 2021. Por conta da pandemia de Covid-19, as ações formativas em arte e cultura serão realizadas virtualmente. São oferecidas cerca de 2 mil vagas em artes visuais, audiovisual, bastidores das artes, circo, dança, design popular, gestão e produção cultural, patrimônio cultural e teatro.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas até dois dias úteis antes da aula inaugural de cada atividade. Todas as aulas serão ministradas por meio do EAD desenvolvido pela PBH. Clique aqui para se cadastrar. Serão mais de 75 diferentes ações de formação artística e cultural ofertadas, entre rodas de conversa, workshops, oficinas, laboratórios de pesquisa, minicursos e estudos complementares em cada uma das áreas artísticas citadas.

Os interessados em participar das ações formativas, que têm vagas limitadas, devem ter pelo menos 14 anos. Há ainda algumas atividades voltadas para todas as idades, com protagonismo das crianças. Caso o número de inscritos exceda o número de vagas disponíveis, será feita uma seleção pautada pelos critérios de assiduidade, pontualidade, presença qualificada e contribuição para o grupo de trabalho nos primeiros encontros. 

Nova frente

Para este semestre, também está sendo construída uma nova frente de trabalho entre a ELA-Arena e os Centros Culturais da Prefeitura de Belo Horizonte, também geridos pela Fundação Municipal de Cultura. Trata-se da oferta de novas atividades construídas a partir do contexto das nove regionais da cidade, compondo a programação em rede dos Centros Culturais. As músicas e memórias dos territórios descentralizados, a expansão do universo audiovisual e o fortalecimento de coletivos e artistas locais são exemplos que compõem essa frente de trabalho. 

Além das atividades da Escola Expandida, a ELA-Arena tem planejado uma fase 2, para ser executada ainda no segundo semestre, com a retomada de encontros presenciais ao ar livre, seguindo protocolos de segurança validados pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da Prefeitura de Belo Horizonte. Nessa fase 2 pretende-se, ainda, ofertar experiências presenciais articuladas às aulas virtuais de estudantes dos cursos de longa duração. Esses círculos presenciais ao ar livre, com pequenos grupos, também poderão ocorrer nas unidades culturais descentralizadas que compõem a ELA-Arena. 

Com PBH

Roberth Costa
Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal em 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2018 e 2019, além de figurar entre os finalistas do prêmio Sindibel, também em 2019.

Comentários