Cliente desdenha de trabalho de confeiteira, dá ‘cano’ de R$ 150 e reviravolta surpreende

alidriane-santos-segurando-bolo
Alidriane Santos fez um vídeo comendo o bolo criticado pela cliente (Reprodução/@lamerry.confeitariaartes/Instagram)

A confeiteira Alidriana Santos, 39, que mora em Fortaleza, comoveu a web após compartilhar o “cano” levado de uma cliente. A mulher falou mal da aparência de um bolo encomendado e disse que o produto não valia o preço cobrado pela confeiteira, querendo pagar menos do que o acordado. Alidriana publicou um vídeo, nesse domingo (25), relatando o ocorrido e comendo o bolo que, além de bonito, aparentava estar delicioso.

Após a repercussão do vídeo, o BHAZ conversou com a dona da confeitaria Lamêrry sobre o que aconteceu entre ela e a cliente. Segundo Adriliana, a mulher procurou pelo seu trabalho para que ela fizesse um bolo destinado ao chá de fralda do bebê que está esperando. O tema da festa era “príncipe”, então, as duas entraram em um acordo sobre como o bolo seria.

Alidriana conta que a cliente enviou uma foto de inspiração do bolo e pediu para que o azul fosse num tom mais claro, e que a confeiteira não usasse pasta americana, pois o bolo ficaria mais caro. Por isso, ela fez o produto com chantilly, decorou com pérolas e colocou uma coroa por cima, conforme combinado entre as duas.

Foto do bolo enviada por Alidriane (Alidriane Santos/Arquivo Pessoal)

‘Que bolo horrível’

“Eu sempre mando as fotos para a cliente, aí eu mandei para ela e falei ‘está aqui o bolo, espero que você tenha gostado’, e ela nem deixou eu terminar de falar e já foi dizendo ‘que bolo horrível, se eu soubesse que você ia fazer um bolo tão feio eu nunca teria encomendado, você não tem dom nenhum para ser confeiteira'”, relembra Alidriana.

A confeiteira conta ainda que rebateu a cliente, dizendo que ela não poderia falar daquela forma e perguntou que horas a mulher buscaria o bolo. “Aí ela disse assim: ‘O que eu posso fazer por você é te pagar R$100, mas esse bolo não vale nem R$100 reais, mas é para você não ter prejuízo'”. O valor acordado entre as duas havia sido de R$ 150.

“Eu passei a tarde toda chorando, e meus filhos falando ‘mãe, levante’. Meu esposo fez um café, e aí eu resolvi gravar o vídeo comendo o bolo, e estava tão gostoso, foi a melhor coisa que eu fiz”, diz a confeiteira, rindo da situação. No vídeo, Alidriane relatou toda a história com a cliente, partiu uma fatia do bolo e comeu.

Cliente não quis pagar valor total

“Ela disse eu não quero, eu não vou pagar R$ 150, então o que eu vou fazer? Eu vou comer”, conta a mulher. Alidriana pediu ao marido um pouco de café para acompanhar a fatia do bolo, e começou a comer. “Eu vou pegar o bolinho dela que ela não soube valorizar, e vou comer”. Confira:

Confeiteira se sentiu desvalorizada

Ainda no vídeo, a confeiteira falou sobre as pessoas que costumam colocar preço no trabalho dos outros. “Eu sei o valor, eu não vou permitir que uma pessoa como ela faça uma encomenda e depois venha querer botar preço”, afirma. Ao BHAZ, Alidriana disse que o que mais doeu não foi a reclamação sobre o valor, e sim a forma como a cliente criticou o bolo.

“Não foi a questão do dinheiro, foram as palavras, a grosseria… Grosseria é o que eu mais detesto na vida, foi realmente a desvalorização”, pontua a confeiteira. “Eu me senti tão desvalorizada, eu comecei realmente a achar que meu trabalho estava feio, eu pensei realmente que não iria fazer mais bolo”, acrescenta.

Apesar de ter passado por uma situação desagradável, o desabafo de Alidriana Santos rendeu para ela mais de 71 mil seguidores no Instagram, e muito apoio ao seu trabalho, com pessoas elogiando e ficando ao lado dela na história. Ela conta que tinha pouco mais de 1,3 mil seguidores e que não está acreditando em tudo o que está acontecendo.

Conquistas e planos para o futuro

A dona da Lamêrry conta que já ganhou cursos com certificado internacional, ministrados por confeiteiras que moram nos Estados Unidos, recebeu o convite para participar de uma live e assessoria financeira. Além disso, Alidriane tem planos de fazer sua cozinha profissional e um arquiteto se ofereceu para ajudar com o projeto.

“Ele vai conseguir todo o maquinário para mim, hoje eu já ganhei uma panela mexedora de brigadeiro. Menina do céu você não tem noção, é tanta coisa que eu estou anestesiada ainda”, vibra a confeiteira. No seu Instagram, ela mostrou o cômodo onde vai ser a cozinha e aproveitou para mencionar o marido, André Luís, que a ajuda fazendo as entregas de bicicleta.

Os planos de Alidriane agora são continuar fazendo bolos, terminar de reformar sua casa e poder ajudar mais pessoas que estão no ramo da confeitaria. “Eu quero continuar fazendo meus bolos e depois poder ajudar outras pessoas, porque eu nunca fiz curso, mas eu quero poder lá na frente poder ajudar, porque tem muitas meninas que estão querendo fazer curso. Mas eu quero mesmo me tornar profissional da confeitaria e fazer bolos lindos”, completa.

Edição: Giovanna Fávero
Andreza Miranda
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários