Presente de Carnaval! Velha guarda do samba, Mestre Conga recebe vacina contra o coronavírus

mestre conga vacinado
Mestre Conga é uma lenda viva da história do Carnaval (Almanaque do Samba/Divulgação)

É muito simbólico: nesta terça-feira de Carnaval, dia 16 de fevereiro, um dos principais nomes da história viva do samba, Mestre Conga, recebeu da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) a primeira dose da vacina contra o coronavírus.

A equipe do Centro de Saúde Heliópolis chegou por volta das 10h40 na casa do sambista, no bairro São Bernardo, região Norte de Belo Horizonte. Depois de preencher o questionário com dados clínicos, as profissionais de saúde iniciaram a vacinação.

A esposa, Nely Gregório (97 anos), foi a primeira a tomar a dose do imunizante da Oxford/AstraZeneca. Depois foi a vez do fundador da escola de samba Inconfidência Mineira receber sua dose – a próxima será em 90 dias. No último dia 2 de fevereiro, Mestre Conga completou 94 anos. Verdadeiro presente de Iemanjá!

Confira aqui:

“Estava até receoso, mas vi que é tranquilo. Vamos com a vacina!”, disse.

José Luiz Lourenço nasceu em Ponte Nova (MG) e chegou com a família à capital mineira no início da década de 1930. Passista, tornou-se “Cidadão do Samba” em 1948, ajudou a fundar a Escola de Samba Inconfidência Mineira, criou a Velha Guarda do Samba de Belo Horizonte, ganhou o 1º Prêmio Mestres da Cultura Popular de Belo Horizonte, entre outros feitos. É a memória viva da história do carnaval de Minas Gerais!

Confira nossa singela homenagem:

Almanaque do Samba
Almanaque do Sambaalmanaquedosamba@gmail.com

O Almanaque do Samba – A Casa do Samba de Minas Gerais é um projeto patrocinado pela Cemig, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (2011/001/2017), que busca valorizar o samba no estado e os artistas mineiros. Tem um portal (www.almanaquedosamba.com.br) e um programa de rádio, que vai ao ar aos sábados, às 21 horas, pela Rádio Inconfidência (880AM). O conteúdo também pode ser acessado por meio das redes sociais (Facebook, Instagram e Youtube).

Comentários