Com pênalti perdido no início, América empata sem gols pela Copa do Brasil

coelho copa do brasil
América perdeu chances de fazer gols em partida contra o Criciúma (Mourão Panda/América)

O América chegou ao quarto jogo seguido sem marcar gols no empate por 0 a 0 contra o Criciúma, nesta noite de quarta-feira (2), no Independência, em Belo Horizonte. Rodolfo perdeu um pênalti logo nos primeiros minutos da partida, e o time não conseguiu criar tanto no restante do jogo, válido pela 3ª fase da Copa do Brasil. Os times decidem quem vai para as oitavas de final na próxima quarta (9) às 21h30, no Heriberto Hülse, na cidade xará do time de Santa Catarina.

Pênalti, já?

Antes do jogo completar o primeiro minuto, Ademir foi derrubado na área e o árbitro marcou penalidade máxima para o América. Na cobrança, Rodolfo tentou o cantinho, o goleiro caiu certo, mas nem chegou a tocar: a bola foi direto para fora. 

Na final do Mineiro 2021 contra o Atlético, Rodolfo também havia perdido um pênalti.

Criciúma assusta

O time do técnico Lisca – que inclusive, ficou enfurecido com o pênalti perdido – pareceu “sentir o baque” e começou a encontrar dificuldades na partida. O Criciúma, por sua vez, tentava aproveitar esse momento vulnerável. Aos 10 do 1T, Dudu chutou e a bola foi para fora. Três minutos depois, outro Dudu, o Vieira, também tentou um chute, mas parou na zaga.

Na marca dos 28, no contra-ataque veloz, Arilson deu um lindo passe para PH, que invadiu a área e mandou alto, perto da trave. Após 5 minutos, Dudu tentou um chute de longe e a bola tirou tinta do travessão, assustando o goleiro Matheus Cavichioli.

Coelho responde

O América tentava se recompor e respondeu aos 40, quando a bola sobrou bem para Alê na área, mas ele isolou. No finalzinho do 1T, aos 44, um lance incrível! Juninho cruzou, Alê cabeceou e o goleiro Gustavo defendeu. A bola escapou e estava quase sobrando para Ademir, mas o arqueiro do time catarinense conseguiu tirar de pé.

Pressão americana

Na segunda etapa, os comandados de Lisca tentaram aumentar a intensidade e os de Paulo Baier se fecharam. Na marca dos 6, Alê tentou o chute, mas foi bloqueado pela zaga. Rodolfo cabeceou aos 8 e o goleiro agarrou. Aos 17, Felipe Azevedo pegou de primeira na área, a bola foi venenosa, quicou e passou perto. Outra boa chance veio com chute forte de Ribamar aos 33, mas Gustavo espalmou.

América e Criciúma pouco criaram no final e o jogo terminou em 0 a 0: a decisão fica para quarta-feira que vem, em Santa Catarina.

Edição: Roberth Costa
Beatriz Kalil Othero
Beatriz Kalil Otherobeatrizkof@gmail.com

Mineira de BH, graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre os jogos dos times mineiros como repórter freelancer para o BHAZ.

OLHO NA DICA PARA ECONOMIZAR

Na sede do BHAZ, economizamos todos os meses na conta de energia por meio de uma operação regulamentada pela ANEEL e ainda desconhecida por muitos consumidores. E o melhor: não tivemos nenhum custo extra para ter acesso a esse desconto. Por isso, damos esta dica para quem mora em qualquer cidade de Minas Gerais.

Sua conta de luz pode ficar até 15% mais barata com a Metha Energia. Faça agora seu cadastro, é 100% DIGITAL e GRATUITO. Clique no botão abaixo e simule direto seu desconto mensal. Caso queira saber mais sobre a tecnologia, leia este conteúdo que explica em detalhes a operação.

Comentários