Começou mal! Com dois expulsos, Cruzeiro estreia com derrota na Série B

Confianca e Cruzeiro
Lance durante partida entre Confiança e Cruzeiro, válido pelo Campeonato Brasileiro Série B (Emanuel Rocha/Futura Press/Folhapress)

O primeiro jogo do Cruzeiro na Série B 2021 foi um verdadeiro pesadelo para a torcida. Com expulsões do volante Adriano e do goleiro Fábio ainda no primeiro tempo, o time saiu atrás no placar, conseguiu o empate, mas tomou mais gols e amargou a derrota por 3 a 1 pelo Confiança. O duelo aconteceu nesta tarde de sábado (29), na Arena Batistão, em Aracaju.

Na próxima rodada do campeonato, o Cruzeiro tenta somar pontos na competição contra o CRB, no domingo que vem (06). Mas antes os comandados por Felipe Conceição têm um importante compromisso pela frente: o jogo de ida pela 3ª fase da Copa do Brasil contra o Juazeirense (BA), nesta quinta (03).

‘Começou daquele jeito’

Logo no início do jogo, aos 4 minutos, um lance polêmico. Airton foi derrubado na área e o árbitro nada viu no lance. Como na Série B não tem VAR, a jogada não foi revisada e o jogo seguiu, para descontentamento dos cruzeirenses.

O Cruzeiro continuava tentando a pressão apostando nos cruzamentos pela direita, mas os lances paravam na marcação do time sergipano. Aos 11, Matheus Barbosa tentou um voleio com a bola quicada, mas só passou perto.

Confiança na frente

No primeiro ataque do time da casa, na marca dos 31 do 1T, Neto Berola recebeu na área e caiu após choque com Fábio: penalidade máxima para o time da casa, com direito a cartão amarelo para o goleiro celeste. Na cobrança, o mesmo atacante cobrou rasteiro e foi “bola num lado, goleiro no outro”: 1 a 0 para o Confiança.

Nossa, o que rolou?!

Quando o 1T caminhava para o final, como se a derrota momentânea não bastasse, o drama celeste aumentou ainda mais. Aos 40, o volante Adriano parou o contra-ataque do adversário, levou o segundo amarelo e foi mais cedo para o vestiário. Apenas 2 minutos depois, Fábio pegou a bola fora da área e também recebeu a segunda advertência. Em quase 1.000 jogos com a camisa celeste, essa foi a segunda expulsão do goleiro: a primeira ocorreu no jogo contra o Náutico, pela Série B 2020.

Quase o 2º

Com a saída de Fábio, o atacante Rafael Sobis foi substituído para a entrada do arqueiro Lucas França. O Confiança quase ampliou a vantagem aos 45. Luidy recebeu lançamento de Berola na pequena área e chegou chutando de carrinho, mas a bola foi para fora.

Gol do Cruzeiro! Tudo igual

Mesmo com 2 jogadores a menos, o time celeste não se deu por vencido. Na cobrança de escanteio de Rômulo aos 10 do 2T, o estreante Bissoli subiu mais que todo mundo e cabeceou direto para as redes, empatando a partida.

Por muito pouco, o time celeste não virou: na cobrança de falta de Rômulo aos 20, a bola explodiu no travessão!

Confiança aproveita

O Confiança não deixou de estar ligado na partida e voltou à frente no placar aos 26 minutos. Depois de cruzamento na área, Cristiano chutou forte, sem chances para Lucas França.

Pouco depois, o Cruzeiro respondeu com chute de fora de Rômulo. A bola passou perto. O terceiro gol não demorou muito para chegar. A zaga cruzeirense vacilou e deu de presente um contra-ataque para o time da casa. Marcelinho passou por Rômulo e serviu Daniel Penha para o meia mandar para as redes.

O árbitro ainda deu 6 de acréscimo, mas o placar não mudou: derrota celeste por 3 a 1 na estreia da Série B. Agora, resta um longo caminho, com mais 37 “decisões” para o tão desejado acesso.

Beatriz Kalil Othero
Beatriz Kalil Otherobeatrizkof@gmail.com

Mineira de BH, graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre os jogos dos times mineiros como repórter freelancer para o BHAZ.

Comentários