Com formato híbrido, Comida di Buteco começa nesta sexta em BH e faz campanha para ‘salvar’ bares

Comida di Buteco
Edição será feita de modo híbrido, com delivery, modalidade ‘para levar’ e atendimento presencial (Rodney Costa/Comida di Buteco/Divulgação)

Após uma versão realizada somente por delivery, devido à pandemia de Covid-19, o tradicional concurso Comida Di Buteco volta a BH nesta sexta-feira (30). Desta vez, a edição será feita de modo híbrido, e os fãs dos butecos da capital poderão experimentar as comidas no estabelecimento, por delivery, ou buscando no local, no formato “para levar”.

Mandioca, inhame, cenoura, beterraba, batata baroa e batata doce são alguns dos ingredientes que ganharão destaque na edição de 2021 do Comida Di Buteco, que tem como tema “raízes”. Ao todo, 49 butecos de Belo Horizonte vão participar do concurso (confira a lista aqui).

‘Salve os butecos’

Com as restrições de funcionamento provocadas pela pandemia, não é novidade que os bares e restaurantes de Belo Horizonte ficaram prejudicados e encontram dificuldades para se recuperar economicamente. Por isso, esta edição também pretende ajudar os donos desses estabelecimentos.

“O nosso foco é no movimento Salve os Butecos! Com o objetivo de ajudar os donos de butecos, criamos uma campanha para levar ao público e aos parceiros várias alternativas para contribuírem, trazendo não apenas faturamento adicional aos butecos, mas também força e pensamento positivo para a recuperação”, detalha Maria Eulália Araújo, diretora de operações e uma das fundadoras do concurso.

As doações podem ser em espécie; produtos, no caso de empresas que atendem diretamente os butecos; e espaços na mídia para divulgar a campanha. A meta do Comida di Buteco é arrecadar R$ 3 milhões entre julho e agosto e dividir igualmente entre os butecos participantes do concurso. Veja como doar aqui.

Mais informações

Em BH, o Comida di Buteco estabeleceu uma parceira com a 99Food, para a entrega das comidas por delivery, e com a Tagme, plataforma que permite o agendamento de mesas e a digitalização dos cardápios. Esta ferramenta ficará acessível no site.

O concurso nasceu no ano 2000, em Belo Horizonte, como uma atividade da extinta Rádio Geraes. Hoje, o Comida di Buteco cobre todo o país e é realizado simultaneamente em 21 praças. Desde 2016, ele elege também o melhor buteco do Brasil.

A última edição do concurso alcançou 21 circuitos de Norte a Sul do país, abrangendo 40 cidades; 650 butecos participantes; 800.000 votos; 480.000 petiscos vendidos; 7.500 empregos diretos gerados e 8 milhões de pessoas impactadas nos butecos.

Edição: Giovanna Fávero
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários