Sete pessoas são indiciadas por esquema de fura-fila da vacina contra Covid na Grande BH

fura fila vacina
Vacinação aconteceu no meio da rua (Reprodução/Redes sociais)

Um esquema de fura-fila da vacinação contra a Covid-19, em São José da Lapa, na região metropolitana de Belo Horizonte, terminou com sete pessoas indiciadas pela Polícia Civil de Minas Gerais. Entre os envolvidos estão profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, familiares e amigos deles. O procedimento foi encaminhado à Justiça nessa quinta-feira (15).

A denúncia sobre o desvio dos imunizantes aconteceu em 19 de junho. Na data, a secretaria de Saúde teve acesso a um vídeo onde funcionários do município apareceram vacinando pessoas em via pública. Assim que o material foi encaminhado à Polícia Civil, seis pessoas foram encaminhadas à Delegacia de Plantão de Vespasiano,

Durante os trabalhos de investigação, descobriu-se que mais um suspeito estaria envolvido no esquema de fura-fila. No total, sete pessoas foram investigadas: duas técnicas de enfermagem de 28 e 40 anos; um agente de saúde, de 39; além do marido de uma das técnicas, de 47; e três amigos do casal, com idades entre 37 e 38 anos.

Peculato

O grupo foi indiciado pelo crime de peculato, conforme informou a delegada Nicole Perim. “O desvio de vacinas caracteriza o crime de peculato, previsto no artigo 312 do Código Penal, com pena de dois a 12 anos de reclusão e multa, para o funcionário público que desviar algum valor ou bem móvel de que tenha a posse, por força do cargo, em proveito próprio ou de terceiros”, explicou.

Durante as investigações foram ouvidas 14 pessoas no inquérito policial.

Covid-19

São José da Lapa, segundo Boletim divulgado pela prefeitura, tem 2.400 casos confirmados do novo coronavírus e 58 mortes. O número de recuperados chegou a 2.268.

boletim covid são josé da lapa
Boletim epidemiológico da cidade (Reprodução/@prefeiturasjloficial /Facebook)

Com PCMG

Edição: Vitor Fernandes
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários