Sete crianças abandonadas são encontradas nuas, trancadas e com fome

Crianças abandonadas
Adolescente de 13 anos, tia das crianças, tomava conta delas (Reprodução)

Sete crianças que estavam nuas e trancadas em casa foram resgatadas pelo Conselho Tutelar nessa sexta-feira (4), em Macapá, no Amapá. Com elas, também estava uma adolescente de 13 anos, tia das crianças e que tomava conta delas. De acordo com denúncia anônima, elas estavam com fome, desidratadas, e presas em um lugar sujo. As informações são do G1.

De acordo com o Conselho Tutelar, os menores são filhos de duas irmãs, que chegaram a procurar o órgão após o resgate. As crianças foram levadas a um abrigo, já que estavam em situação de risco e não tinham outros familiares. Os pais não foram localizados, e a adolescente foi acolhida em outra unidade.

De acordo com o conselheiro tutelar da Zona Oeste de Macapá Helton Luiz, a casa não tinha recursos básicos como água encanada, água potável, alimentos, fogão e geladeira. Os menores estavam muito sujos, além de apresentar gripe, indícios de anemia e feridas pelo corpo. De acordo com o conselho, todos recebem atendimento médico em um centro de saúde.

Adolescente tomava conta

Ainda segundo o conselheiro, a menina de 13 anos era instruída para dizer que tinha 17 e para tomar conta das crianças. Ela contou que é tia dos pequenos, que são filhos de suas duas irmãs mais velhas. Uma delas é mãe de três crianças, e a outra é mãe de quatro.

“As duas mães já faziam isso há alguns dias, deixavam a menina tomando conta das crianças. Ela tem 13 anos de idade, mas dizia ter 17 porque as irmãs estavam induzindo para que ela mentisse sobre a idade. Ela relatou ainda que essas crianças sempre ficavam trancadas. As mães falaram que os pais são totalmente ausentes e só dois apareceram, e outros elas nem sabem quem são. As avós também não podem ficar com elas, então nós tomamos a medida de abrigá-las”, detalhou.

Ainda de acordo com o G1, as mães não foram presas e a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca) informou que ainda não teve acesso ao caso.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

OLHO NA DICA PARA ECONOMIZAR

Na sede do BHAZ, economizamos todos os meses na conta de energia por meio de uma operação regulamentada pela ANEEL e ainda desconhecida por muitos consumidores. E o melhor: não tivemos nenhum custo extra para ter acesso a esse desconto. Por isso, damos esta dica para quem mora em qualquer cidade de Minas Gerais.

Sua conta de luz pode ficar até 15% mais barata com a Metha Energia. Faça agora seu cadastro, é 100% DIGITAL e GRATUITO. Clique no botão abaixo e simule direto seu desconto mensal. Caso queira saber mais sobre a tecnologia, leia este conteúdo que explica em detalhes a operação.

Comentários