Cruzeiro sai na frente, mas leva a virada em 2 minutos e estaciona

cruzeiro
Com o revés, a Raposa caiu para a 13ª posição na tabela, com 7 pontos (Reprodução/@CSAoficial/Twitter)

A torcida celeste achou que seria uma boa noite para o Cruzeiro. Afinal, o time abriu o placar contra o CSA logo nos primeiros minutos. Porém, ainda no 1T, levou 2 gols em apenas 2 minutos e saiu derrotado do Rei Pelé, em Alagoas, neste domingo (27). Com o revés, a Raposa caiu para a 13ª posição na tabela, com 7 pontos. Na próxima rodada, o Cruzeiro recebe o Guarani nesta quarta-feira (30), no Mineirão, em Belo Horizonte.

Gol a jato…

O Cruzeiro saiu na frente logo no início da partida. Na cobrança de escanteio feita por Marcinho aos 5 minutos, Felipe Augusto cabeceou direto para as redes.

Na marca dos 16 do 1T, veio a resposta do time da casa: após o cruzamento, o zagueiro Matheus Felipe cabeceou para o chão, a bola quicou e passou perto do travessão.

… a virada também

A equipe alagoana aproveitou que a celeste diminuiu a intensidade após o gol e começou a crescer mais na partida, explorando as falhas individuais dos visitantes. Aos 26 do 1T, momentos após uma “furada” celeste, Gabriel cruzou para Yuri, que cabeceou para o gol para empatar a partida. Apenas 2 minutos depois, Joseph tentou fazer um passe e acabou perdendo a bola para Yuri na esquerda. O atacante mandou para área, a bola ganhou força e foi ao encontro das redes: 2 a 1 para o CSA.

Tava difícil

Na volta para a segunda etapa, o Cruzeiro continuou com dificuldades para criar ataques, enquanto o CSA administrava a partida e se defendia bem.

O primeiro bom lance só veio aos 23 do 2T no cruzamento perigoso de Paulo, que a zaga afastou. Apenas 1 minuto depois, Adriano mandou uma bomba de longe e o goleiro Thiago Rodrigues espalmou. Aos 25, Bruno José fez jogada individual na área, caiu e pediu pênalti, mas o jogo seguiu. A sobra de Claudinho bateu na zaga. No final do jogo, os comandados de Mozart até tentaram uma pressão, mas não conseguiram reagir e saíram derrotados de Alagoas.

Edição: Roberth Costa
Beatriz Kalil Othero
Beatriz Kalil Otherobeatrizkof@gmail.com

Mineira de BH, graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre os jogos dos times mineiros como repórter freelancer para o BHAZ.

Comentários