• Passeios

Cortejo do Me Beija Que Eu Sou Pagodeiro

13 de February de 2024
15:00 Livre
Entrada gratuita

O bloco Me Beija Que Eu Sou Pagodeiro se prepara para cair na folia na terça-feira (13) de Carnaval, a partir das 15h. A concentração está marcada para a avenida Assis Chateaubriand, número 143, e o cortejo segue na via rumo ao número 509, com dispersão no fim da tarde. O desfile do coletivo, como o nome o nome antecipa, promete passear por clássicos do pagode, passando por hinos do samba e da MPB, ao som de bateria ao vivo.

Arte do desfile

O bloco “Me Beija Que Eu Sou Pagodeiro” surgiu em 2014, levando alegria e irreverência ao Gutierrez, na região Oeste de Belo Horizonte. A ideia era descentralizar um pouco o Carnaval de BH e colocar a folia na rota do bairro.

Matheus Brant, fundador do bloco junto do amigo Leonardo Procop, disse ao BHAZ que o objetivo inicial do bloco era atingir um público da mesma faixa etária, por volta dos 30 anos, com canções nostálgicas. A inspiração para o nome do cortejo veio do bloco carioca “Me Beija Que Eu Sou Cineasta”.

“A gente tinha a ideia de resgatar uma memória afetiva para as pessoas da nossa geração. No início, tocávamos somente pagode dos anos 1990. Hoje em dia, ampliamos para pagodes atuais também”, explica o músico e advogado.

As canções do Me Beija Que Eu Sou Pagodeiro são rearranjadas para o axé, maracatu, salsa e pagode baiano. Músicas das bandas Katinguelê, Só Pra Contrariar, Raça Negra e do cantor Ferrugem fazem parte do repertório.

Saiba mais sobre o bloco Me Beija Que Eu Sou Pagodeiro clicando aqui.

Thiago Cândido[email protected]

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais. Colunista no programa Agenda da Rede Minas de Televisão. Estagiário do BHAZ desde setembro de 2023.