Ex-esposa divulga vídeos em que DJ Ivis a agride com socos, chutes e tapas

DJ Ivis e Pamela
Imagens divulgadas pela ex-esposa do DJ são chocantes (Reprodução/@pamellaholanda/Instagram)

Vídeos publicados no Instagram pela ex-esposa do DJ Ivis, Pamella Gomes de Holanda, mostram o artista a agredindo com socos, chutes e tapas em diferentes ocasiões. Os registros teriam sido feitos na residência do então casal. Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, confessou as agressões. No entanto, alega ser vítima de chantagem.

Os vídeos publicados por Pamella deixam explícito que DJ Ivis a agrediu mesmo quando a mulher estava cuidando da filha dos dois, a pequena Mel, de 9 meses. Em outras gravações, é possível ver que outra mulher, uma possível babá, e um homem não identificado acompanham as agressões e não interferem.

Por meio do Instagram, Ivis também postou vídeos de Pamella tentado agredi-lo, além de um boletim de ocorrência registrado em março. Na ocasião, ele disse que discutiu com a esposa e que tinha medo do comportamento dela.

“Não estou aqui para justificar nada. Estou aqui para mostrar que não aguento mais isso. Muitas pessoas vão me julgar, mas eu não suportava mais isso, eu recebi chantagens, ameaça de morte com a minha filha. Ninguém sabe o que é isso que eu passei”, disse Ivis. Pamella, por sua vez, ainda não comentou as acusações.

Em 3 de julho, Pamella procurou as autoridades e também registrou um boletim de ocorrência. Em seguida, conseguiu medida protetiva para ela e a filha por meio do TJCE (Tribunal de Justiça do Ceará).

O colunista Leo Dias, do Metrópoles, contou mais cedo que Ivis agrediu Pamella em pelo menos duas ocasiões. Em uma delas, o DJ teria ameaçado a mulher com uma faca. Ele chegou a ser detido, mas não ficou preso. Segundo o jornalista, Pamella estava apavorada e não conseguia sequer ficar no mesmo espaço que o ex-marido. Ele, por sua vez, teria acionado advogados.

Amedrontada com supostas represálias, caso Ivis fosse preso, Pamella deixou a delegacia e não deu continuidade ao processo no dia da agressão em si. Os policiais chegaram a entrar em contato com ela, mas a mulher preferiu registrar as agressões no dia seguinte, bem como realizar o exame de corpo de delito. Como a situação não configurava mais flagrante, Ivis ficou em liberdade.

Repercussão

Nas redes sociais, internautas mostraram-se indignados com as agressões de DJ Ivis contra Pamella. Aos 29 anos, ele ficou conhecido por conta de músicas que ganharam destaque, principalmente no forró. Além de ser DJ, ele também canta e trabalha como compositor. DJ Ivis é autor de músicas como “Volta Bebê, Volta Neném”, “Esquema Preferido” e “Não Pode se Apaixonar”. Ao todo, estima-se que Ivis tenha cerca de 7 milhões de ouvintes, por mês, só no Spotify.

Roberth Costa
Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal em 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2018 e 2019, além de figurar entre os finalistas do prêmio Sindibel, também em 2019.

Comentários