Família diz que paciente morreu por erro médico e descaso em UPA de BH

Os familiares e amigos de um funcionário terceirizado da Cemig que faleceu em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Barreiro, em Belo Horizonte, no último fim de semana, realizaram na manhã deste domingo (6) uma manifestação no local. Os manifestantes alegaram que o leiturista da Cemig Augusto Guilherme de Souza Faria, de 23 anos, foi vítima de um erro médico.

A dona de casa Naiara Querino Barcelos, de 20 anos, companheira de Augusto, alega que o marido tinha lúpus – doença autoimune rara, que é provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico – e não poderia ingerir soro.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que não há nada que comprove que um paciente, independente da doença que tenha, sofra alguma reação ao soro.

 Continue lendo no site do Jornal O Tempo

OLHO NA DICA PARA ECONOMIZAR

Na sede do BHAZ, economizamos todos os meses na conta de energia por meio de uma operação regulamentada pela ANEEL e ainda desconhecida por muitos consumidores. E o melhor: não tivemos nenhum custo extra para ter acesso a esse desconto. Por isso, damos esta dica para quem mora em qualquer cidade de Minas Gerais.

Sua conta de luz pode ficar até 15% mais barata com a Metha Energia. Faça agora seu cadastro, é 100% DIGITAL e GRATUITO. Clique no botão abaixo e simule direto seu desconto mensal. Caso queira saber mais sobre a tecnologia, leia este conteúdo que explica em detalhes a operação.