Galo começa atrás e empata, mas sai derrotado no último lance

atlético
O Atlético começou a partida com muitos erros de passe e dificuldades na criação de jogadas (Pedro Souza/Atlético)

Em noite pouco inspirada, o Galo perdeu a segunda partida no Brasileirão 2021 nesta noite de quinta-feira (24) no Castelão, em Fortaleza. Contra o Ceará, o clube saiu atrás logo nos primeiros minutos de partida, buscou o empate, mas saiu derrotado no último minuto. O Galo não jogou bem e Everson falhou nos dois gols, mas se não fossem as outras defesas do goleiro, a situação atleticana poderia ter sido ainda pior. Com o resultado, o clube caiu para a 6ª posição, com 10 pontos, 4 a menos que o líder Bragantino. Na próxima rodada, o Galo visita o Santos na Vila Belmiro, neste domingo (27).

Eita, já?

O Ceará saiu na frente logo aos 2 minutos de partida. Everson saiu jogando errado e acabou dando de presente para Lima, que dominou e chutou forte de fora da área no contrapé do goleiro, direto para as redes.

O Atlético começou a partida com muitos erros de passe e dificuldades na criação de jogadas, o que dava mais espaços para o Vozão. Aos 7 do 1T, Mendoza tentou o chute de fora e Everson defendeu.

E-VER-SON!!

O goleiro atleticano se esforçou para se redimir da falha no gol sofrido e salvou o Galo diversas vezes ainda no 1T. Na marca dos 28 minutos, Mendoza fez ótimo lançamento para Saulo Mineiro. O atacante tocou para Lima cara a cara com Everson na área, e o arqueiro evitou o pior. Aos 40, o mesmo Lima chutou, a bola desviou na zaga e subiu, e o goleiro mandou para escanteio.

Nos acréscimos, aos 47, após outro erro atleticano, o Vozão aproveitou para atacar. Jorginho chutou forte dentro da área e mais uma vez, Everson espalmou bem: ele era o nome do jogo.

Galo acordou…

Na volta para o 2T, o Galo tentou correr atrás do prejuízo e melhorou no jogo. Logo aos 3 minutos, Keno chutou de longe e a bola perigosa tirou tinta da trave. Na marca dos 10, foi a vez de Hulk tentar um chutaço de fora da área, mas outra vez, ela passou perto.

Por pouco, o time alvinegro não empatou aos 25 do 2T. Réver subiu bem, testou forte e o goleiro Vinícius Machado espalmou para escanteio.

… e empatou!

Na cobrança de Guga, o zagueiro Gabriel cabeceou sozinho na área direto para as redes, deixando tudo igual no placar.

Jogo quente

Por pouco, não veio a virada alvinegra aos 28 na jogada individual de Hulk: ele foi carregando, invadiu a área e chutou sem ângulo para boa defesa do arqueiro do Vozão. O time da casa respondeu bem apenas 1 minuto depois, com chute de Saulo na área, defendido por Everson. Depois, Mendoza chutou cruzado e a bola passou perto. O jogo era lá e cá, e aos 37, Keno driblou a zaga e chutou forte, mas no meio do gol, e Vinicius Machado agarrou.

No último lance

Quando o empate já parecia encaminhado, o clube cearense voltou à frente no placar no último lance da partida. Aos 50 do 2T, o ex-jogador atleticano Vina cobrou falta na área, Gabriel Lacerda raspou de cabeça, Everson pegou, mas a bola escapou das mãos dele e entrou: 2 a 1 para o Ceará e a segunda derrota do Galo no Brasileirão 2021.

Edição: Roberth Costa
Beatriz Kalil Othero
Beatriz Kalil Otherobeatrizkof@gmail.com

Mineira de BH, graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre os jogos dos times mineiros como repórter freelancer para o BHAZ.

Comentários