Gasolina tem aumento de R$ 0,31 no preço médio em BH: ‘Não parou de janeiro até agora’

posto combustível
Barril do petróleo e alta do dólar ajudam no preço elevado (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Parece notícia antiga, mas não é. A gasolina voltou a ter aumento no preço. De agosto para setembro, o preço médio do combustível subiu R$ 0,31 em Belo Horizonte e região metropolitana. O valor representa acréscimo de 5,28%, conforme revela levantamento realizado pelo Mercado Mineiro e divulgado nesta segunda-feira (13).

O preço médio da gasolina saltou de R$ 5,918 para R$ 6,230. “Está mais caro e o aumento não parou de janeiro até agora. Ano passado foi o momento da pandemia e tivemos queda brusca no preço do petróleo, mas não foi repassado ao consumidor. Depois disso, desde o fim do ano temos o aumento no preço do barril de petróleo, fora a questão do dólar”, diz Feliciano Abreu.

O diretor do Mercado Mineiro destaca, em entrevista ao BHAZ, que os aumentos consecutivos são ruins para todos. “Todo mundo sofre, principalmente os consumidores, pois os donos de postos não conseguem deixar de repassar o aumento. Está caríssimo para o consumidor”, lamenta.

O preço médio da gasolina em janeiro era R$ 4,649 e, agora, está em R$ 6,230. Isso representa aumento de 34% até agora. Perguntado sobre quando o preço vai parar de subir, Feliciano responde. “É dificílimo fazer esta projeção”.

Valores

Além do preço médio, a pesquisa do Mercado Mineiro trouxe os valores que os consumidores encontram nas bombas dos postos. A gasolina mais barata está em R$ 6,075, já a mais cara R$ 6,529. A variação é de 7,47%.

O etanol varia de R$ 4,575 até R$ 4,999 – 9,27%. O preço médio passou de R$ 4,319 para R$ 4,740, o que representa um aumento de 9,74%. Já valor médio do litro do diesel teve acréscimo de 2,61% comparado com agosto. Antes era R$ 4,69 e agora passou para R$ 4,81.

Para a realização do estudo, foram consultados 145 postos de Belo Horizonte e região metropolitana.

Edição: Giovanna Fávero
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários