Caetano desembarca em BH com turnê que pode ser a última: ‘Quero voltar a viver na Bahia’

(Fernando Young/ Divulgação)

O Arena Hall será palco de apresentação única da nova fase da turnê “Meu Coco”, de Caetano Veloso, neste sábado (2). Após passar por Belo Horizonte com três datas esgotadas em 2022, o artista baiano retorna à capital mineira com repertório especial, nesta que pode ser sua última “voando pelo mundo”.

“No show ‘Meu Coco’ procuro juntar peças marcantes do álbum com obras que registram momentos históricos do meu trabalho. Mas com o caráter de roteiro quase cinematográfico que nunca me abandona quando projeto um espetáculo”, registra Caetano em nota enviada à imprensa.

A fala confirma o já esperado para uma apresentação do artista: o classicismo do repertório construído ao longo de décadas junto da inovação de novos lançamentos. Esta, materializada em 10 faixas inéditas, que figuram entre as 12 do seu último álbum, homônimo à turnê.

“A distribuição de canções novas e canções conhecidas não tem a mera função de agradar aos espectadores. […] O critério vai muito além disso. A presença de algo antigo mas quase desconhecido — como a de umas e não outras faixas do disco Meu Coco — ilumina o que quer dizer a eventual aproximação de um surrado sucesso óbvio com uma igualmente óbvia canção marcante do álbum novo”, lança o compositor.

Despedida

Em junho, Caetano usou as redes sociais para anunciar que a nova fase da turnê pode ser sua última fora da Bahia. “Quero voltar a viver na Bahia e cantar lá toda semana — e que venha à minha terra quem quiser me ver e ouvir”, pontuou.

Enquanto não sossega de vez, Veloso prepara apresentações emocionantes. Visualmente, o espetáculo traz uma pitada da magia esboçada pelo cenógrafo brasileiro Hélio Eichbauer. “[Hélio] deixou, antes de morrer repentinamente [em 2018], um esboço cenográfico que foi adaptado por Luiz Henrique, assistente do grande cenógrafo. A adequação das linhas de Joseph Albers aos nossos sons nos diz que Hélio está vivo ali. O show é, desse modo, uma homenagem à sua memória”, enfatiza Caetano.

Amparados por uma “exuberante percussão”, o desafio de equilibrar os gestos harmônicos e melódicos fica a cargo de Vavá Furquim e Igor Leite. No palco, ao lado do baiano, Lucas Nunes, Kainã do Jeje, Pretinho da Serrinha, Rodrigo Tavares, Alberto Continentino e Tiaguinho da Serrinha.

Com a maturidade de quem acumula 81 anos de caminhada, Caetano encara a renovação com entusiasmo. “A forma geral do show se deve também ao prazer da volta quase-pós-pandêmica aos palcos e a atenção à minha história nessa arte tão amada e bem cultivada pelos brasileiros, mesmo que minhas reservas quanto a meu talento para ela não tenham se desfeito”, conclui.

Caetano Veloso pela turnê “Meu Coco”
Local: Arena Hall
Data: 2/12
Horário: 22h
Ingressoshttps://www.arenahall.com.br/caetano-veloso-turne-meu-coco/

Thiago Cândido[email protected]

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais. Colunista no programa Agenda da Rede Minas de Televisão. Estagiário do BHAZ desde setembro de 2023.

SIGA O BHAZ NO INSTAGRAM!

O BHAZ está com uma conta nova no Instagram.

Vem seguir a gente e saber tudo o que rola em BH!