Você quer brincar na neve? Nevasca e esculturas de gelo deixam clima abaixo de zero em shopping de BH

ártico-neve-e-gelo
Espaço com neve para brincar e esculturas de gelo chega ao Minas Shopping (Ártico Neve e Gelo/Divulgação)

A temperatura vai ficar abaixo de zero em Belo Horizonte, a partir deste sábado (21). É que o “Ártico Neve e Gelo” virá para a capital mineira, no Minas Shopping. Trata-se de um espaço com muita neve de verdade para brincar e com uma exposição de esculturas de gelo para curtir. O público fica livre para escorregar, fazer bolinhas de neve e ainda poderá assistir uma aurora boreal.

O evento teve a abertura antecipada para este fim de semana, com ingressos custando a partir de R$ 69. No entanto, o espaço ficará em BH até o dia 31 de julho. São mil ingressos disponíveis por semana, por conta da manutenção do frio e da neve. As entradas podem ser adquiridas neste link.

As entradas incluem o empréstimo de um par de luvas térmicas, e os valores promocionais valem para crianças e adultos, não podendo ser aplicado o direito da meia-entrada. Crianças de até 3 anos e 11 meses não pagam pelos ingressos.

Boneco de neve no ‘Ártico Neve e Gelo’ (Ártico Neve e Gelo/Divulgação)

Temperatura abaixo de zero graus

O Ártico Neve e Gelo já vendeu mais de 130 mil ingressos em São Paulo. Ao todo, o evento apresenta cerca de 30 esculturas de gelo, além de criar um ambiente com -20°C e 1.000 metros quadrados disponíveis para brincar na neve.

As condições climáticas do ambiente são simuladas com água natural, segundo o próprio evento. Os visitantes têm direito a 1h no local, sendo 40 minutos para brincar e 20 minutos para se vestir com roupas adequadas para a neve. Recomenda-se o uso de um casaco térmico para reter a temperatura do corpo.

Anota aí:

Ártico Neve e Gelo

Data: 21/5 a 31/7

Horário: a partir das 9h30

Local: Minas Shopping | Av. Cristiano Machado, 4.000 – União, Belo Horizonte

Ingressos: https://www.ingressonacional.com.br/artico

Edição: Roberth Costa
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários