Hello Kitty, traficante do RJ que estava foragida, é morta em operação da PM

Hello Kitty
Outros três homens também foram mortos na operação (Reprodução/Redes sociais)

Hello Kitty, traficante conhecida que estava foragida no Rio de Janeiro, foi morta nesta sexta-feira (16) por policiais em operação no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na região metropolitana da capital fluminense. De acordo com a Polícia Militar, ela e outro traficante conhecido como “Vinte Anos”, que também morreu, mantinham uma família refém no local.

Além de Rayane Nazareth Cardozo da Silveira, conhecida como Hello Kitty, e de Alessandro Luiz Vieira Moura, o Vinte Anos, outros dois homens ainda não identificados também morreram. A PM aponta Hello Kitty como o braço direito de Vinte Anos. As informações são do UOL.

Ainda nesta manhã, no início da operação, a Polícia Militar havia compartilhado um cartaz que colocava Hello Kitty como procurada pela corporação, com uma recompensa de R$ 1.000. Segundo a PM, na chegada dos agentes no complexo, ela e o comparsa estavam armados com fuzis e pistolas.

‘Causavam terror’

Ao UOL, o porta-voz da Polícia Militar, major Ivan Blaz, afirmou que a corporação trabalha no local para evitar ações de retaliação. “Os dois criminosos foram mortos, duas lideranças muito importantes da região, atuavam em outras áreas, causavam terror”, disse.

“Eles gostavam de ostentar armas, fuzis, nas redes sociais, então foi uma ação de impacto. A Polícia Militar atua na região para evitar ações retaliatórias como manifestações e confrontos”, completou o major.

Hello Kitty tinha 21 anos e tinha o costume de cantar em cultos evangélicos. Já em 2018, ela foi identificada pela Polícia Civil como uma das envolvidas em roubos na região, e logo passou a ser conhecida pela atuação no tráfico em São Gonçalo. Ela já foi presa por tráfico e era investigada por crimes como roubos e homicídios.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários