Hospital Risoleta Neves investiga suspeita de intoxicação alimentar em trabalhadores

hospital risoleta neves
Investigação apura o que provocou a intoxicação (Reprodução/Google Street View)

O Hospital Risoleta Tolentino Neves, localizado no bairro Vila Clóris, em Belo Horizonte, está acompanhando funcionários da unidade de saúde que apresentaram sintomas de uma suposta intoxicação alimentar. A informação foi divulgada neste sábado (24), no entanto, o acompanhamento aos trabalhadores de setores variados acontece desde a última terça-feira (20).

Em nota enviada ao BHAZ, o hospital esclareceu que os profissionais “apresentaram queixas e sintomas gastrointestinais”. Não foi informado o número de trabalhadores que estão sendo monitorados. Até o momento, não há relato de paciente com suspeita de intoxicação alimentar, segundo a unidade de saúde.

Os trabalhadores que apresentaram os sintomas não precisaram ser internados. “A maioria dos casos apresenta sintomatologia leve e autolimitada (melhora espontânea)”, informou a assessoria do Risoleta Neves.

Investigação

Uma investigação epidemiológica busca descobrir o que provocou as queixas e os sintomas gastrointestinais nos trabalhadores do hospital. O procedimento começou assim que os casos foram identificados. O objetivo é “detectar possíveis Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA) por meio de avaliação de amostras coletadas no hospital”.

A alimentação aos trabalhadores do Risoleta Neves é fornecida por meio de um convênio firmado com a Fundação Mendes Pimentel (FUMP) e, segundo o hospital, “segue rígidos critérios sanitários e de biossegurança”.

Edição: Giovanna Fávero
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários