Kalil chama Bolsonaro de ‘grande decepção’ e comenta sobre Lula e Ciro

Kalil
‘Não acreditava que cabia no mundo de hoje um radicalismo tão grande’, disse Kalil sobre Bolsonaro (Amanda Dias/BHAZ)

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi, para ele, “uma grande decepção”, além de opinar sobre o ex-presidente Lula e o político Ciro Gomes com elogios, conforme perfil publicado nesta sexta-feira (4) pela revista piauí.

“Ele foi para mim uma grande decepção. Não acreditava que cabia no mundo de hoje um radicalismo tão grande”, afirmou sobre o atual presidente. Na última semana, Kalil comentou um possível encontro com Bolsonaro e garantiu: “Se quiser conversar com o prefeito, será muito bem-vindo à prefeitura, e eu irei humildemente ao lugar que o presidente da República marcar”.

Lula e Ciro

Kalil ainda comentou sobre outras figuras políticas do país. “Quando ele foi eleito, eu esperava radicalismo. E não veio. Lula fez um governo de centro. Até por isso, acreditei que o Bolsonaro também não seria radical. Hoje acho que o Lula está sofrido, está cansado. Ele é um homem encantador, muito carismático. Eu o conheci num jantar em casa de amigos comuns”, disse o prefeito de BH sobre Lula.

Já sobre Ciro Gomes, Kalil não esconde: “Eu fiz campanha e votei no Ciro porque acredito que ele seja um homem muito preparado. Costumo brincar que o Ciro com Lexotan seria uma maravilha”.

Ainda em entrevista à piauí, o mandatário afirmou que era um “ignorante” em relação aos problemas socioeconômicos de Belo Horizonte, antes de assumir a prefeitura. “Eu era um ignorante igual a toda a elite. A campanha me transformou. Vi que tinha lugar em BH igual ao Sudão. Vi criança misturada com porco. Mudei definitivamente. Achava que doar 100 reais para os Médicos Sem Fronteiras era o que eu tinha que fazer”, comentou.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários