Kalil é ‘amaldiçoado’ em ataque de hackers no site da PBH: ‘Parasita’

ataque hacker
Ataque aconteceu na página do sistema interno de trabalho dos servidores da PBH (Reprodução/Redes sociais)

Um grupo de hackers atacou o site da PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) nessa terça-feira (8). Os invasores “amaldiçoaram” o prefeito Alexandre Kalil (PSD) devido às medidas tomadas para combater a pandemia de Covid-19 e os impactos delas na economia. O Executivo municipal informou que “nenhum dado foi perdido ou vazado”.

O suposto perfil responsável pelo ataque é o “Noias do Amazonas”. Uma imagem de caveira e crucifixo seguido de risadas foram colocadas pelos invasores na página do sistema interno de trabalho dos servidores da PBH. Uma mensagem também foi apresentada e direcionada ao atual gestor da capital mineira.

“Prefeito Kalil, todas as suas ações como gestor de uma das maiores capitais brasileiras serviram para manter burocracias e destruir a economia. Os empresários de Belo Horizonte te amaldiçoam”, dizia um dos trechos da mensagem.

ataque site pbh
Ataque aconteceu por volta de 12h10, segundo a PBH (Reprodução/Redes sociais)

O texto prosseguiu criticando o fechamento do comércio durante a pandemia do novo coronavírus. “Fechar os comércios não faz de você um salvador de vidas, mas um parasita que tira a comida de todos que dependem do próprio trabalho e não da política”. Os ataques aconteceram no sistema interno de trabalhos dos servidores da PBH.

O que diz a PBH

Procurado pelo BHAZ, a prefeitura informou, por meio da Prodabel (Empresa Municipal de Informática), que o “incidente de segurança” aconteceu, “por volta de 12h10, nos sistemas da PBH”. “Ressaltamos que todos os sistemas já voltaram a funcionar normalmente e que nenhum dado foi perdido ou vazado”, esclareceu.

Nota da PBH

“A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da PRODABEL, informa que houve um incidente de segurança, ontem, por volta de 12h10, nos sistemas da PBH. Ressaltamos que todos os sistemas já voltaram a funcionar normalmente e que nenhum dado foi perdido ou vazado”.

Edição: Vitor Fernandes
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários