Kalil garante que população de BH terá acesso à vacina contra Covid-19

Kalil vacinação
Prefeito garantiu que população será imunizada (Amanda Dias/BHAZ + Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), garantiu que a população da capital mineira terá acesso à vacina contra a Covid-19. O mandatário afirmou, em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (25), que a PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) está preparada para comprar a vacina “que vier”, pois há dinheiro em caixa visto a administração da cidade.

“Vemos a luz no fim do túnel, estamos a dois meses da vacina. A prefeitura se armou para comprar vacinas, se for necessário. Temos dois milhões de seringas estocadas, e, seja a vacina qual for, nós temos dinheiro. A que vier nós compramos. Não há risco da população ficar sem vacina”, garantiu o prefeito.

Kalil destacou ainda que a possibilidade de compra acontecerá por conta da “prefeitura estar muito bem administrada”. “Nós temos condições de imunizar a cidade e isso é fruto de uma administração firme. A situação financeira é confortável, seja qual vacina for nós temos dinheiro”.

Apesar de garantir o dinheiro em caixa, Kalil ponderou que o valor só será utilizado caso o governo Jair Bolsonaro (sem partido) não compre as doses. “Nós vamos pôr a mão nesse dinheiro até o Brasil conhecer o critério de imunização. Belo Horizonte não terá problema caso haja uma maluquice de pela primeira vez o governo federal não soltar a vacina”, concluiu.

Vacinação em 2021

Várias vacinas contra o novo coronavírus estão sendo testadas e produzidas ao redor do mundo. Nessa segunda-feira (23), resultados preliminares mostraram que o imunizante produzido em parceria entre a Universidade de Oxford (Reino Unido) e a farmacêutica AstraZeneca apresenta eficácia de até 90% (leia mais aqui). No Brasil, essa vacina será fabricada pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e deve chegar a 130 milhões de brasileiros até o fim de 2021.

Em sabatina no Assembleia Fiscaliza, evento organizado pela ALMG (Assembleia Legislativa de Minas Gerais) na segunda-feira, o secretário de Saúde do estado, Carlos Eduardo Amaral, também garantiu que Minas tem estrutura para começar a vacinação assim que os imunizantes chegarem.

O secretário afirmou que, independentemente do Brasil vir a produzir ou não uma vacina, o imunizante será distribuído pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e integrará o PNI (Plano Nacional de Imunização). “Isto já está bem consolidado com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde”, afirmou.

Carlos Eduardo Amaral ressaltou que Minas Gerais já tem um Plano de Contingência para Vacinação Contra a Covid-19 estruturado há mais de dois meses e já em execução, cujo objetivo é deixar o estado 100% pronto para quando a vacina chegar: “Já adquirimos, até o momento, seringas, agulhas, dimensionamos a rede e planejamos a logística”.

Com Agência Minas

Edição: Vitor Fernandes
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

OLHO NA DICA PARA ECONOMIZAR

Na sede do BHAZ, economizamos todos os meses na conta de energia por meio de uma operação regulamentada pela ANEEL e ainda desconhecida por muitos consumidores. E o melhor: não tivemos nenhum custo extra para ter acesso a esse desconto. Por isso, damos esta dica para quem mora em qualquer cidade de Minas Gerais.

Sua conta de luz pode ficar até 15% mais barata com a Metha Energia. Faça agora seu cadastro, é 100% DIGITAL e GRATUITO. Clique no botão abaixo e simule direto seu desconto mensal. Caso queira saber mais sobre a tecnologia, leia este conteúdo que explica em detalhes a operação.

Comentários