Lucão mantém hábito de jogar de máscara nas Olimpíadas e motivo comove torcedores: ‘Encantado’

lucão-usando-máscara-jogo
Lucão disputou a estreia do vôlei masculino usando máscara (Reprodução/@jvnmarques/Twitter)

A seleção brasileira de vôlei estreou nas Olimpíadas de Tóquio em partida contra a Tunísia nessa madrugada e um detalhe chamou a atenção dos torcedores. O central Lucão entrou em quadra de máscara e, ao contrário da maioria dos colegas, usou o acessório durante todo o jogo. Nas redes sociais, a atitude intrigou internautas, que ficaram admirados ao descobrirem o motivo pelo qual o atleta, mesmo com autorização, não abandona o uso da máscara.

Apesar de ter chamado atenção no primeiro jogo da seleção no evento, a atitude não é inédita para o central, que vem usando máscaras em todas as partidas que joga desde o início da pandemia. Questionado anteriormente, Lucão explicou que, além do cuidado pessoal, tem usado o acessório para proteger o filho, o pequeno Théo, de 4 anos, de uma possível contaminação de Covid-19. Os torcedores elogiaram a atitude do jogador na estreia do vôlei masculino.

Proteção do filho

O único outro atleta brasileiro que acompanhou a atitude de Lucão foi o jogador Maurício Borges – que ganhou repercussão após virar o “Jorges” dos posts virais de Douglas Souza. Em entrevista ao GE no ano passado, o central contou que usava o acessório desde que os treinamentos em grupo voltaram após a pandemia, porque, mesmo fazendo teste, o vírus é incontrolável.

“Outra coisa também é que meu filho tem sintomas de febre direto a cada 15, 20 dias, porque tem um pouco de problema de garganta e bronquite. Então, tenho um pouco de medo”, revelou Lucão. Ele ainda havia acrescentado que a máscara incomoda um pouco, mas que não atrapalha seu desempenho.

‘Dando exemplo’

A atitude foi bem vista pelos internautas, que disseram que o atleta está dando um bom exemplo. Outros até se surpreenderam com o fato de ele estar praticando um esporte, que leva ao cansaço, e ainda usar a máscara. Isso porque muitas pessoas reclamam do incômodo do acessório mesmo tendo que desempenhar apenas atividades mais leves.

“Encantado com Lucão jogando de máscara”, comentou um usuário do Twitter. “Lucão jogando de máscara, deve ser difícil jogar buscando fôlego com isso no rosto e mesmo assim ele dando exemplo”, apontou Camilla de Lucas. Uma terceira pessoa apontou: “O Lucão jogando uma partida de Olimpíada de máscara em alto nível acaba com o orçamento de quem diz que não usa máscara porque fica abafado”.

Vitória na estreia

A partida resultou na vitória para o time brasileiro, por 3 sets a 0 (25/22, 25/20 e 25/15) contra a Tunísia. O próximo jogo do Brasil será contra a Argentina, na segunda-feira (26) a partir das 9h45 (horário de Brasília). Na sequência, o Brasil mede forças com Rússia, Estados Unidos e França.

Com Agência Brasil

Edição: Giovanna Fávero
Andreza Miranda
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários