Lula venceria Bolsonaro no 2º turno por 58% a 31%, diz Datafolha

lula e bolsonaro
Petista venceria a disputa eleitoral, segundo levantamento (Ricardo Stuckert/Instituto Lula + Alan Santos/PR)

O ex-presidente Lula (PT) ampliou a vantagem sobre Jair Bolsonaro (sem partido) nas intenções de voto para a eleição de 2022. É o que revela pesquisa do Datafolha divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo nesta sexta-feira (9). O petista, em um segundo turno, venceria o atual mandatário do país com 58% contra 31% dos votos, conforme aponta a pesquisa.

O levantamento do instituto foi divulgado após a reprovação do governo Bolsonaro atingir o recorde de 51%. Voltando a falar das eleições do ano que vem, o Datafolha mostrou que, na pesquisa espontânea, Lula chegou a 26% e Bolsonaro 19%. Na anterior, eles tinham 21% e 17%, respectivamente.

Confira os dados da pesquisa espontânea com intenções de voto no 1º turno:

  • Lula (PT) – 26%
  • Jair Bolsonaro (sem partido) – 19%
  • Ciro Gomes (PDT) – 2%
  • Outros – 2%
  • Em branco/nenhum/nulo – 7%
  • Não sabe – 42%

Segundo turno

O Datafolha também quis saber qual a escolha dos entrevistados caso ocorra um segundo turno entre Lula e Bolsonaro. O petista saiu vencedor com 58% contra 31% do atual presidente da República. Votos em branco, nulo ou em ninguém somaram 10%. Já a opção “não sabe” ficou com apenas 1%.

Lula também teve vitória em cenários onde disputaria com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB): 56% a 22%. Ciro Gomes (PDT) venceria Bolsonaro com 50% contra 34%. E Doria também teria sucesso contra o atual gestor do Palácio do Planalto: 46% a 35%.

Rejeição

Bolsonaro amarga o primeiro lugar no índice de rejeição. Entre os possíveis candidatos no pleito, ele foi rejeitado por 59% dos entrevistados. Lula e Doria dividiram a segunda colocação com 37%. Veja quem aparece na sequência:

  • Ciro Gomes – 31%
  • Henrique Mandetta – 23%
  • Eduardo Leite – 21%
  • Não votaria em nenhum/rejeita todos – 2%
  • Não rejeita nenhum/votaria em qualquer um – 2%
  • Não sabe – 1%

Na rejeição foi possível o entrevistado escolher mais de uma opção. Por conta disso, a soma dos percentuais ultrapassa 100%.

Levantamento

A pesquisa foi realizada em 146 cidades entre os dias 7 e 8 de julho. Foram ouvidas 2.074 pessoas e todas elas acima de 16 anos. A margem de erro é dois pontos percentuais para mais ou para menos. O índice de confiança é de 95%.

Edição: Giovanna Fávero
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários